fbpx

3 formas de agendar uma consulta particular

Uma coisa é fato: as pessoas estão cada vez mais preocupadas com sua saúde e bem-estar, o que as levam agendar uma consulta médica com maior frequência. Esse hábito é bastante benéfico e pode inclusive contribuir para o diagnóstico precoce de diversas doenças, contribuindo para o seu tratamento.

Mas a questão é que os pacientes (especialmente aqueles que não possuem convênio médico) podem acabar tendo dificuldades durante a marcação. Afinal, qual é a melhor maneira de encontrar um bom profissional? Como faço para entrar em contato com o consultório de maneira rápida e eficiente?

Essas são perguntas que provavelmente muitos de vocês buscam respostas, certo? E é justamente por isso que criamos esse post. Então se você tem interesse no assunto, basta continuar a leitura.

Saiba como agendar uma consulta particular

Como foi dito anteriormente, a melhor maneira de localizar um bom profissional e de agendar uma consulta particular pode acabar gerando dúvidas entre os pacientes. Por isso separamos 3 formas de agendamento de consulta particular. Confira a seguir:

como agendar uma consulta

1. Direto com a clínica através do telefone ou WhatsApp

Essa é a maneira mais tradicional de agendar uma consulta e consiste da seguinte forma: você precisa encontrar o contato de uma clínica ou profissional que seja da especialidade que você deseja e que de preferência possua referência e, em seguida, entrar em contato diretamente com a clínica através dos telefones para contato. As secretárias te passarão os horários disponíveis e você terá de escolher aquele que mais lhe agradar. Pronto, consulta agendada!

O contras da marcação direto com a clínica é que para localizar os profissionais você precisa buscar um por um através das pesquisas no Google ou através de indicações com conhecidos. Além disso, as chamadas telefônicas podem ser demoradas, fazendo com que você gaste bastante tempo na linha até ter sua solicitação atendida.

2. Em centros médicos

Outra opção para agendar uma consulta particular é através de centros médicos que disponibilizam uma equipe de profissionais própria. Você acessa o site ou liga para a recepção do estabelecimento, diz qual é a especialidade que você deseja e eles fazem a marcação da sua consulta no dia e horário que você necessita (mediante a disponibilidade de horário) com um dos seus plantonistas.

Apesar de ser uma opção bastante prática, o agendamento em centro médico não lhe garante que você terá todas as informações sobre o profissional que irá te atender. Dessa forma, nem sempre você conseguirá visualizar previamente o seu currículo profissional e/ou referências na internet assim como acontece quando você pesquisa sobre o profissional antes de agendar uma consulta.

3. Pelo aplicativo Sarar

A terceira opção de agendamento de consulta particular é através do app Sarar. Através dele você tem acesso a diversos profissionais de saúde que oferecem agendamento online dentro do próprio aplicativo de forma prática e segura. Assim você consegue pesquisar aquele que mais lhe interessa e agendar uma consulta em poucos minutos, através do seu smartphone.

Ah, e quer saber do melhor? O Sarar lhe garante descontos incríveis de até 70% nas consultas e exames médicos.

Ou seja, com a opção de agendamento do Sarar, você une o benefício de ambos os agendamentos anteriores, tendo em vista que você conseguirá visualizar as informações dos médicos previamente, além de ter facilidade, segurança e agilidade durante todo o processo. Clique aqui e saiba mais!

Bom, esperamos que você tenha esclarecido quais são as 3 formas de agendar uma consulta particular. Caso tenha ficado com alguma dúvida referente a este assunto, basta comentar aqui que nós te esclarecemos.

No mais, continue acompanhando o nosso blog para mais dicas de saúde e bem-estar. Te esperamos por aqui!

Psicólogo ou psiquiatra: quando buscar cada tratamento

Você sabe a diferença entre psicólogo e psiquiatra? Essa é uma pergunta feita por muitos pacientes que identificam que precisam de tratamento psicológico, mas não sabem muito bem por qual profissional procurar: psicólogo ou psiquiatra.

Há inclusive quem ache ambas as profissão exercem o mesmo papel, o que de fato não é verdade. Existem diversas diferenças entres o psicólogo e o psiquiatra e é exatamente por isso que criamos esse post: para que você saiba distinguir as profissões e entenda quando deve procurar cada um dos tratamentos. Tem interesse neste assunto? Então vem com a gente que iremos te contar! 😉

O que faz o psicólogo?

O psicólogo é um profissional da área de humanas que pode atuar em diversos segmentos, como: consultórios de psicologia, área educacional, área organizacional de empresas (como é o caso do setor de Recursos Humanos) e até mesmo na clínica esportiva. As suas técnicas visam analisar o comportamento humano, sejam em pessoas com ou sem problemas emocionais, comportamentais e/ou mentais.

Através do tratamento psicológico, o paciente poderá refletir sobre suas emoções e comportamento, promovendo a melhora dos seus sintomas e até mesmo o seu amadurecimento pessoal e profissional.

psicólogo ou psiquiatra

O que faz o psiquiatra?

Por outro lado, o psiquiatra é um médico que precisa fazer além do curso de medicina, o curso de especialização em psiquiatria. Por ser uma especialidade médica, o profissional pode fazer diagnóstico de doenças, tratar, curar e promover uma maior qualidade de vida aos pacientes.

Além disso, o psiquiatra é o único capacitado na prescrição de medicamentos. Entretanto, isso não exclui a sua obrigação de examinar e entender as queixas do paciente para chegar a um diagnóstico final. Muito pelo contrário, ouvir o que o paciente tem a dizer é uma das suas responsabilidades principais e é o que vai possibilitar que o melhor tratamento seja indicado.

Resumindo: o psiquiatra é o profissional responsável por tratar as pessoas que passam por algum transtorno psíquico, mas que não precisa necessariamente fazer o uso de alguma medicação.

Psicólogo ou psiquiatra: qual profissional procurar?

De modo geral, o psicólogo e psiquiatra são profissionais que andam juntos e que têm como objetivo melhorar a qualidade de vida e a saúde mental dos pacientes. Mas para que você saiba quando deve procurar cada um, veja nossas dicas a seguir:

A psicologia não restringe os seus tratamentos apenas para quem está passando por algum problema psíquico, embora seja uma boa opção para esses casos. Ela visa ajudar as pessoas que estão em busca de alguma orientação, autoconhecimento, que estão passando por alguma dificuldade emocional, pessoal, profissional e/ou social, que estão passando pelo processo de luto ou perda… Enfim, a psicologia possui benefícios a todos os pacientes que querem o acompanhamento profissional.

Por outro lado, o psiquiatra é o médico especializado em tratar doenças psíquicas. É ele quem vai analisar o seu caso e te passar um diagnóstico e tratamento, sendo que em muitos os casos ele mesmo faz o direcionamento ao psicólogo.

Portanto, para entender quem você deve procurar, você precisa primeiramente identificar os seus sintomas: caso você esteja se sentindo mais ansioso que o normal, com medo, apresentando sintomas físicos de ansiedade, com uma tristeza sem motivo aparente, sem sentir ânimo para fazer as coisas e/ou com apetite alterado, é bem provável que você esteja enfrentando uma crise psíquica e é importante que seja avaliado por um médico psiquiatra.

Agora se você estiver precisando resolver algum problema pessoal ou profissional, estiver enfrentando problemas no seu relacionamento e quiser um auxílio profissional neste sentido, o psicólogo lhe ajudará.

E aí, conseguiu compreender a diferença entre psicólogo e psiquiatra? Esperamos que sim! E agora que você já sabe, é hora de encontrar o profissional mais indicado para lhe auxiliar.

No app Sarar você localiza diversos profissionais com muita segurança e praticidade. E o melhor de tudo: com um custo x benefício que você nunca viu! Acesse o nosso site e saiba mais sobre os nossos serviços.

Ah, e se quiser mais informações a respeito de saúde e bem-estar, basta continuar acompanhando o nosso blog. Nos vemos por aqui. Até a próxima!

Otalgia: o que é, quais são as causas e qual médico procurar

A otalgia é um termo designado para referir-se a dor de ouvido. Sendo geralmente causada por uma infecção, ela é mais comum de manifestar em crianças e os seus sintomas podem ir desde a dor de ouvido, até a febre, inchaço e em alguns casos perda de audição no ouvido afetado.

Criamos esse post para que você fique por dentro do que se trata a otalgia, além das suas causas e qual é a especialidade médica recomendada para tratar esta doença. Confira a seguir!

O que é otalgia e quais são suas causas e sintomas?

Como foi dito anteriormente, a otalgia é o termo utilizado para designar a dor de ouvido. Sendo mais comuns em crianças, a sua principal causa é infecciosa, porém, também é possível que ela se manifeste através de alterações de pressão, lesões no canal auditivo ou acúmulo de cera.

O primeiro e principal sintoma costuma ser uma dor de ouvido que pode ser leve, moderada ou intensa, que pode ou não ser acompanhada de outros sintomas, como: febre, inchaço no local e até mesmo a perda de audição no ouvido afetado.

Qual especialidade médica procurar?

Se o paciente perceber a presença de um destes sintomas, é importante que ele procure um médico para ser examinado e para que o melhor tratamento seja iniciado. Em caso de otalgia (dor de ouvido), o especialista mais indicado para acompanhamento do caso é o otorrinolaringologista.

Caso você queira encontrar um bom profissional para lhe atender, não deixe de acessar o app Sarar. Através dele você garante segurança e praticidade para encontrar os profissionais e para a marcação de suas consultas. Ah, e o melhor disso tudo: com um excelente custo x benefício. Clique aqui e conheça!

Em que consiste o tratamento?

O tratamento da otalgia está totalmente ligado à sua causa. Se porventura estiver ligado a uma infecção, é provável que o médico prescreva um antibiótico (oral e/ou gotas auriculares). Em caso de outras causas, os sintomas poderão ser tratados através de analgésicos e anti-inflamatórios, além de soluções em gotas que irão ajudar a remover a cera.

Se a sua dor de ouvido estiver relacionada a pressão, uma boa dica pode ser mascar chicletes ou bocejar. E em caso de disfunção temporomandibular, pode ser que seja necessário a realização de sessões de fisioterapia, massagens no músculo da face e o uso de placa de acrílico durante a noite.

Entretanto, é muito importante lembrar que independente dos sintomas estarem leves, moderados ou graves, você nunca deve se automedicar. Confie no tratamento indicado pelo profissional e sempre que for necessário retorne a uma emergência para outra avaliação clínica.

Esperamos que você tenha conseguido compreender o que se trata a otalgia e no que consiste o seu tratamento. Em caso de dúvidas referente a este assunto, não deixe de comentar aqui que nós te esclarecemos.

No mais, caso queira mais dicas e informações a respeito da saúde e bem-estar, continue acompanhando o nosso blog. Nos próximos dias divulgaremos outros posts e te esperamos por aqui. Até a próxima!

Saiba quando procurar por um psiquiatra e o que esperar da consulta

Quando sentimos alguma indisposição física, como por exemplo uma dor de cabeça ou enjoo, o comum é irmos ao médico para averiguar o que está acontecendo. E em relação aos sintomas emocionais, o esperado é que façamos o mesmo. E a especialidade que cuida da nossa saúde física é o psiquiatra.

Mas há dois motivos que dificultam a nossa ida ao psiquiatra: a primeira delas é o receio que grande parte das pessoas tem com a ida nessa especialidade e a segunda é a dificuldade de identificar quando é a hora de procurá-lo.

Iremos listar nesse post quais são as situações em que a ida ao psiquiatra se torna necessária para que você possa constatar se precisa ou não procurar um médico psiquiatra para te ajudar. Confira a seguir.

Sintomas que indicam que você precisa agendar a consulta com um psiquiatra

O psiquiatra é uma especialidade muito importante para a sua saúde mental. Entretanto, não são todas as pessoas que sabem qual é a hora certa de procurá-lo, dificultando o diagnóstico e o tratamento correto das doenças como: depressão, ansiedade e síndrome do pânico.

Veja abaixo os principais sintomas que indicam a necessidade da marcação de uma consulta psiquiátrica:

Mudanças de humor frequente

Ficar chateado(a) com um feedback negativo vindo do seu chefe ou com a nota baixa na faculdade são situações normais e esperadas. No entanto, caso você perceba que as suas reações a esses eventos estão desproporcionais, que você tem dificuldade para controlar a sua raiva e/ou suas emoções ou que você fica triste sem motivo aparente, certamente são razões para ligar o seu pisca alerta e para procurar um psiquiatra.

Dificuldade para dormir

Todo mundo enfrenta ao menos uma vez na vida dificuldade para dormir. Isso não costuma ser muito preocupante, mas, quando a crise de insônia se torna constante e passa a prejudicar o seu desempenho nas atividades diárias, é hora de buscar ajuda profissional para entender o que está acontecendo.

Alterações no apetite

O mesmo acontece com os distúrbios alimentares. Se porventura você apresenta alguma compulsão alimentar ou episódios de falta de apetite, não deixe de consultar com um psiquiatra para que ele possa avaliar se há alguma ligação com doenças psíquicas que apresentam esse sintoma, como: ansiedade e depressão.

Dificuldade para deixar algum vício de lado

Mais um motivo que justifica a marcação de uma consulta com o psiquiatra é a dificuldade de deixar algum vício de lado, como: beber, fumar ou usar drogas. E isso se justifica porque as pessoas tendem a usar desses hábitos como válvula de escape para fugir de outros problemas que podem ser superados através de uma ajuda especializada.

Saiba o que esperar da consulta com psiquiatra

Agora que você já sabe quando procurar este especialista, vamos te contar o que deve esperar da primeira consulta com psiquiatra para que você se prepare para essa experiência que sem dúvida alguma será muito válida para melhorar seu bem-estar e saúde.

O primeiro passo é entender que sua sinceridade fará toda a diferença para o diagnóstico e tratamento assertivo. Portanto, ao chegar na consulta, lembre-se de falar sobre suas queixas de maneira bastante transparente e verdadeira para que o médico consiga te auxiliar da melhor maneira possível.

Outra questão importante é sobre a duração da primeira consulta psiquiátrica. É provável que ela dure entre 1h a 2h, pois o médico precisará do tempo necessário para realizar a anamnese (um tipo de entrevista que realiza o levantamento de dados do paciente).

Durante este bate-papo inicial, o profissional irá entender as suas queixas e poderá solicitar exames variados para complementar a investigação. Neste caso, ele poderá já agendar o retorno do paciente e, quando não há a necessidade de exames complementares, ele pode já fechar o diagnóstico e passar as orientações o paciente.

E aí, conseguiu entender quais são os sintomas que levam a marcação de uma consulta psiquiátrica? Esperamos que sim! Caso tenha ficado com alguma dúvida referente a este assunto basta comentar aqui que nós te esclarecemos.

E se você quiser encontrar um bom médico psiquiatra para te acompanhar, não deixe de acessar o app Sarar. Por lá você irá encontrar profissionais capacitados com um excelente custo x benefício. Clique aqui e conheça!

Te esperamos por aqui em nossos próximos posts para mais dicas de saúde e bem-estar. Até a próxima!

Angiologista ou vascular: saiba qual especialista pode te ajudar!

Quando você está com algum problema relacionado aos vasos sanguíneos, artérias, veias ou vasos linfáticos, é necessário que você passe por uma consulta médica para averiguar o seu caso e o especialista indicado para isso é o angiologista.

Mas afinal… Qual é, de fato, a função deste profissional? O que difere a especialidade angiologia da cirurgia vascular? É sobre isso que falaremos nesse post. Confira a seguir!

O que faz um angiologista?

O angiologista é a especialidade médica que trata de problemas relacionados aos vasos sanguíneos, artérias, veias e vasos linfáticos e, embora a sua principal atribuição esteja relacionada aos tratamentos de varizes, ele também é indispensável para diversos outros problemas de saúde que surgem em todo o nosso corpo.

A ida para essa especialidade normalmente é por indicação prévia de outro médico, em especial clínico médico e cardiologista. Porém, há algumas condições que determinam a necessidade de agendar a consulta com o angiologista (falaremos sobre isso adiante).

O que faz um médico cirurgião vascular?

Cirurgia vascular é a especialidade médica referente ao tratamento cirúrgico de doenças relacionadas às artérias, veias e vasos linfáticos. O médico cirurgião vascular atua juntamente à angiologia, sendo serviços complementares em que o vascular só é requerido em situações em que intervenções cirúrgicas são necessárias.

Quando procurar um angiologista?

Em caso do aparecimento dos sintomas abaixo, é importante que você marque uma consulta com o angiologista para que a sua condição seja analisada e o melhor tratamento seja iniciado. Confira:

Sintomas comuns na doença arterial

  • Dislipidemia (excesso de colesterol ou triglicérides no sangue);
  • Dor ao caminhar;
  • Dor na coxa ou quadril ao andar;
  • Disfunção erétil ou dificuldade de ereção no homem;
  • Hipertensão;
  • Cólicas ou dores abdominais após se alimentar;
  • Dor aguda ou intensa no peito;
  • Desmaio, perda de consciência ou derrame;
  • Extremidades frias;
  • Diabetes;

Sintomas comuns na doença venosa

  • Varizes nos membros inferiores;
  • Trombose;
  • Malformações arteriovenosas

Sintomas comuns na doença linfática

  • Erisipela (infecção dos vasos linfáticos que acomete principalmente os membros inferiores);
  • Perna, braço ou região genital muito inchados

Onde encontrar o melhor médico angiologista para me atender?

Agora que você já sabe quais são os principais sintomas que levam a marcação de consulta com um angiologista, é hora de entender onde você irá encontrar um médico de confiança para te atender.

E nós te contamos que o app Sarar é, sem dúvidas, uma excelente opção para você. através dele você irá encontrar diversos profissionais altamente capacitados, poderá realizar a marcação online e o melhor de tudo: economizará até 70% do valor da consulta! Muito bom, né? Para confirmar, acesse o nosso site e obtenha mais informações sobre os nossos serviços.

E aí, conseguiu compreender quais são as diferenciações entre angiologista e vascular e como essas especialidades podem te ajudar? Esperamos que sim! Em caso de dúvidas sobre esse assunto, basta comentar aqui nesse post que nós te esclarecemos.

No mais, te aguardamos aqui no nosso blog para mais dicas de saúde e bem-estar. Até a próxima!

Harmonização orofacial: qual é o especialista recomendado para fazer?

Você já ouviu falar em harmonização orofacial? Este procedimento tem sito bastante procurado por muitos pacientes que desejam fazer pequenas mudanças no rosto para equilibrar os seus traços faciais deixando-os mais harmônicos.

Mas afinal… Quem é o especialista recomendado para fazer este tipo de procedimento? Quais são, de fato, os seus benefícios? Se você tem dúvidas sobre este assunto, basta continuar a leitura desse post que a gente te conta! 😊

Benefícios da harmonização orofacial

A harmonização orofacial é um procedimento seguro e que pode proporcionar diversos benefícios aos pacientes. Confira abaixo quais são os principais:

  • Oferece um rosto mais harmônico e simétrico: como o próprio nome diz, a harmonização orofacial tem o intuito de garantir uma melhor harmonia no rosto através de técnicas que são capazes de corrigir assimetrias, linhas de expressões e demais problemas estéticos. Tais técnicas precisam ser avaliadas e definidas juntamente a um profissional.
  • Melhora a autoestima: com a harmonização orofacial, o paciente tende a se sentir melhor consigo mesmo, interferindo diretamente em sua autoestima.
  • Retarda os sinais de envelhecimento: esse procedimento é queridinho de quem deseja retardar o envelhecimento e manter o aspecto jovial da pele. Isso porque ele permite não apenas causar bem-estar e autoestima aos pacientes, mas também recuperar a jovialidade de maneira natural e bonita!
  • É seguro e minimamente invasivo: além de todos os benefícios acima, podemos garantir que a harmonização orofacial, quando realizada por um profissional competente, é segura, de rápida recuperação e minimamente invasiva. Portanto, torna-se uma excelente opção para quem deseja ver o resultado em um intervalo pequeno e sem colocar em risco sua saúde e bem-estar.

Qual é o especialista recomendado para realizá-la?

A harmonização orofacial pode ser realizada por médicos e/ou cirurgiões dentistas. Entretanto, lembre-se sempre de procurar referências sobre o profissional e a clínica para se certificar de que está fazendo uma boa escolha.

Onde encontrar um bom especialista para a realização da harmonização orofacial?

Se você deseja realizar uma harmonização orofacial e está em busca de profissionais capacitados, nossa recomendação é que você navegue pelo app Sarar. Lá você irá encontrar diversos profissionais que podem te atender com qualidade, segurança e um excelente custo x benefício. Acesse o nosso site e saiba mais sobre nossos serviços agora mesmo.

E aí, conseguiu compreender quais são os principais benefícios da harmonização orofacial? Ah, e não se esqueça que para a realização da mesma com segurança é essencial que você procure um profissional capacitado e regularizado. Neste caso, podem ser médicos (dermatologistas e cirurgiões plásticos) e/ou cirurgiões dentistas.

Caso você tenha ficado com alguma dúvida em relação a este assunto, não deixe de comentar aqui no post que nós te esclarecemos.

No mais, te esperamos por aqui em nosso blog para mais dicas a respeito de saúde, bem-estar e autoestima. Até a próxima!

Gastroenterologista: o que faz e quando agendar consulta com um

Quando se trata de especialidades médicas, é muito comum que fiquemos com dúvida do que se trata cada uma delas e qual médico procurar quando sentimos determinada dor ou desconforto. Para te ajudar com isso, hoje vamos te explicar sobre o gastroenterologista: o especialista que trata de toda e qualquer doença do trato intestinal (que vai da boca ao ânus). Confira a seguir.

O que faz o gastroenterologista?

O gastroenterologista, ou também conhecido como gastro, é o médico responsável por avaliar e tratar diversas doenças que estão ligadas ao trato intestinal, como: digestão, dores de estômago, cólicas intestinais, prisão de ventre e diarreia.

O médico gastroenterologista pode atuar dentro de hospitais e clínicas médicas através da realização de consultas, exames e orientações profissionais para garantir o perfeito funcionamento abdominal do paciente.

Em caso de sintomas específicos, o paciente pode ser encaminhado a um gastroenterologista especializado, como acontece na hepatologia (especialidade responsável em investigar e tratar as doenças do fígado e vias biliares) e a Proctologia (especialidade responsável em investigar e tratar as doenças e alterações do reto, como: tumores, hemorroidas e fissuras).

Quando devo agendar a consulta com um especialista no trato intestinal?

É recomendado que o paciente agende uma consulta com um gastroenterologista sempre que houver um ou mais sintomas relacionados com o trato intestinal. Ou seja, caso você apresente enjoo, dor abdominal, diarreia, prisão de ventre, aumento abdominal e/ou queimação no estômago, o mais indicado é que você vá até um gastro para uma avaliação do seu caso.

Veja abaixo quais são as principais doenças investigadas e tratadas pelo gastroenterologista:

  • Doença do refluxo gastroesofágico: essa é uma doença crônica bastante comum que costuma causar muito incômodo aos pacientes, sendo um dos principais motivos das consultas ao gastro. Entre os seus sintomas estão: azia, dor e queimação estomacal.
  • Gastrite e úlcera gástrica: os sintomas costumam ser bastante incômodos e incluem: queimação e dor estomacal, má digestão e enjoo.
  • Pedra na vesícula:  a dor costuma ser intensa e tende a aparecer após as refeições. Além disso, o paciente pode também apresentar casos de enjoos e vômitos.
  • Hepatite e cirrose: consideradas doenças graves do fígado que, em alguns casos precisam ser tratadas com hepatologistas, essas condições podem causar: olhos amarelos, vômitos, sangramentos e aumento abdominal.
  • SII (Síndrome do Intestino Irritável): é considerado um distúrbio intestinal que apresenta sintomas como: dor abdominal, diarreia, constipação e gases e que também precisa ser avaliado por um gastroenterologista.
  • Pancreatite: a pancreatite é a inflamação dos pâncreas causada pelo excesso do uso de bebidas alcóolicas ou por cálculos que pode causar peso e dor abdominal.
  • Doença Inflamatória Intestinal: essa doença está relacionada com a imunidade do paciente e dentre os seus sintomas podemos citar: diarreia e sangramentos intestinais.
  • Intolerância à Lactose: condição alimentar que causa diarreia e inchaço abdominal logo após o consumo de leites e derivados.
  • Hemorroidas: doença bastante incômoda e dolorosa que provoca sangramentos pelo ânus.

Onde encontrar um bom médico gastroenterologista para me atender?

Agora que você já sabe do que se trata um gastroenterologista, é hora de ficar por dentro de onde encontrar um médico especialista de confiança.

E aí te apresentamos o app Sarar. Através dele, você irá encontrar não apenas o médico gastro para te acompanhar, mas também várias outras especialidades médicas com preço acessível e qualidade incomparável. Acesse o nosso site e saiba mais sobre os nossos serviços.

Bom, esperamos que você tenha conseguido compreender a respeito deste assunto. Caso tenha ficado com alguma dúvida, basta comentar aqui que nós te esclarecemos.

No mais, te esperamos por aqui em nossos próximos posts para mais dicas de saúde e bem-estar. Até a próxima!

Faça consultas e exames a preços populares com o Sarar

Quando pensamos em consultas e exames particulares, muita gente vai logo imaginando que somente quem tem boa condição financeira ou quem possui plano de saúde é que pode usufruir. Essa suposição acaba fazendo com que boa parte da população não tenha acesso aos médicos, lhes restando apenas o Sistema Único de saúde como opção. Para te mostrar que isso é, de fato, um mito, vamos lhes apresentar o Sarar, um app seguro e prático que te permite marcar suas consultas e exames a preços populares. Confira a seguir.

O que é o Sarar?

O Sarar trata-se de um aplicativo para smartphones disponível para iOS e Android que tem como principal função a democratização da saúde, ou seja, tornar a saúde acessível para todos.

Através do aplicativo que, por sua vez, é de fácil usabilidade e totalmente seguro, você terá acesso a diversas especialidades médicas e aos exames ambulatoriais em redes credenciadas que disponibilizam descontos de até 70% para os usuários do app. Em seguida, basta escolher o profissional que deseja e entrar em contato com a clínica para a marcação online, sem complicações!

Como fazer para marcar consultas e exames a preços populares?

Funciona da seguinte forma:

  1. Você acessa o Google Play ou Play Store no seu celular e localiza o app Sarar para baixa-lo;
  2. Localiza, dentre as opções de especialidades disponíveis, a que você deseja para visualizar quais são os profissionais disponíveis;
  3. Escolhe o profissional que deseja e entra em contato diretamente com a clínica para a marcação da sua consulta;
  4. Vai até a clínica para a realização da consulta ou exame e, ao finalizar, realiza o pagamento estipulado diretamente para a clínica com descontos de até 70%.

O Sarar possui mensalidade?

Se você já achou incrível tudo que o Sarar pode fazer por você, imagine só quando descobrir que para usufruir de todos esses benefícios você não irá precisar pagar nenhuma taxa ou mensalidade? É isso mesmo! Você baixa o app gratuitamente e não precisará pagar nenhum valor mensal para conseguir marcar consultas e exames a preços populares.

O único valor que você irá investir será referente aos serviços que você agendar e comparecer, pagos diretamente à clínica! Bom demais, né? Ah, e a equipe médica credenciada à Sarar é muito competente e com certeza vai beneficiar bastante a sua saúde e de toda a sua família.

Para mais informações sobre os nossos serviços, clique aqui e acesse o nosso site. Se preferir, baixe o nosso app através do seu smartphone e comece agora mesmo a usufruir dos nossos benefícios! Temos certeza que você se surpreenderá.

Ah, e se quiser mais dicas a respeito da saúde, bem-estar e sobre a nossa empresa, continue acompanhando o nosso blog. Nos vemos por aqui!

Como ter desconto em consultas e exames sem plano de saúde?

Uma coisa é fato: as pessoas têm ficado cada vez mais preocupadas com a saúde e, com isso, a busca por desconto em consultas e exames também vem aumentado consideravelmente. Mas afinal, será que somente os pacientes com plano de saúde conseguem obter preços melhores nos serviços médicos?

Muitas pessoas acham que sim, fazendo com que aqueles que não possuem oportunidade ou condição de ter um acabe optando pelo Sistema Único de Saúde ou investindo uma alta quantia.

Mas a realidade mesmo é que hoje já é totalmente possível obter desconto em consultas e exames sem a necessidade de adquirir um plano de saúde. Quer saber como? Confira a seguir!

Conheça a Sarar: a opção segura de obter desconto em consultas e exames

Ainda que os planos de saúde sejam uma excelente opção para quem deseja serviços médicos de qualidade, a grande maioria da população brasileira não possui condição e/ou oportunidade de ter um. E ao mesmo tempo, não quer depender do SUS para realização de consultas e exames.

Foi diante dessa situação que surgiu a Sarar: um aplicativo para garantir aos pacientes maior segurança e economia na hora da marcação e realização de consultas e exames médicos.

Veja só como funciona:

  1. Instale o aplicativo gratuito no seu smartphone (disponível no Google Play ou App Store);
  2. Localize a especialidade que você deseja na localidade que você se encontra;
  3. Converse diretamente com a clínica para informações sobre a marcação de consulta online diretamente do aplicativo Sarar;
  4. Compareça ao local de atendimento para a realização da consulta e/ou exame;
  5. Seja atendido por médicos especialistas de qualidade que prestarão um excelente serviço para garantir muito mais saúde a você e toda sua família;
  6. Após a realização da consulta e/ou exame, acerte o valor do serviço diretamente na clínica com descontos de até 70%!

Incrível, não é mesmo? E o melhor: disponível para diversas especialidades médicas e exames laboratoriais e sem nenhuma taxa ou mensalidade para baixar o app. Ou seja, você paga apenas pelas consultas ou exames que marcar! 😉

Sarar: junto com você em busca da democratização da saúde!

Quer mais informações a respeito dos nossos serviços de descontos em consultas e exames? Clique aqui e acesse o nosso site. Ah, e não deixe de baixar o app, viu? É simples, gratuito e seguro.

E para mais informações diárias a respeito da saúde, continue acompanhando o nosso blog. Te esperamos por aqui!

Quando levar o bebê com peito chiando ao pediatra?

Também conhecido como Síndrome do Bebê Chiador, a doença que acontece no bebê com peito chiando, na realidade, se chama Lactente Sibilante, e tem como sintomas chiado no peito e tosse frequente.

A doença ataca crianças na faixa etária equivalente a três anos de vida. E a procura pelo médico deve se dar quando costuma ser constante em um período de tempo equivalente a 2 meses.

Este barulho que tanto preocupa as mães pode estar relacionado a outros sintomas como tosse, coriza, obstrução nasal, falta de ar ou cansaço. As causas são a asma, bronquite, infecções virais, doença do refluxo gastroesofágico e malformações.

Em casos mais raros, os sons sibilantes de um bebê podem indicar a presença de uma doença crônica ou congênita, como a fibrose cística. Também pode ser pneumonia ou coqueluche. Se a criança, com menos de seis meses, tiver febre alta leve-o ao pediatra.

Mantenha a limpeza

Muitos são as aspectos associados à piora da sibilância, mas talvez o pior deles está no hábito prejudicial da mãe que fumou durante a gestação. E, também, lactentes expostas a vírus respiratórios, poluentes domiciliares como ácaros, fungos, baratas e peles de animais.

O aleitamento materno até os dois anos é o melhor fator de proteção, assim como ter sempre em dia o calendário das vacinas. Para que o bebê melhore, é preciso manter a higiene da casa, incluindo chão e mobílias; combater o mofo de paredes, armários e azulejos. Colocar uma capa antiácaros no colchão e travesseiro também é vantajoso e ajuda bastante.

Tratamento para bebê com peito chiando

O melhor tratamento é ainda a prevenção das crises. Tente manter o bebê em locais ventilados, sem aglomerações, ofereça uma alimentação equilibrada, com vegetais, frutas, peixes e grãos, reduzindo o açúcar e os alimentos processados.

A fisioterapia respiratória com a finalidade de remover a secreção pulmonar é recomendado para a síndrome. A mãe pode realizar o tratamento, feito, é claro, por um profissional da área, semanalmente, ou sempre que a crise aparecer. O tratamento é designado pelo pediatra e inclui o uso de medicamentos inalatórios, como corticoides ou broncodilatadores.

Sempre útil ter em casa

Para a mãe que enfrenta o problema é sempre útil ter em casa os seguintes equipamentos: umidificador para hidratar a ar; seringa de bulbo, para ajudar a sugar o muco das vias aéreas; nebulizador e soro fisiológico.