fbpx

Como montar uma planilha de custos para uma clínica

Se você deseja ter sucesso na sua clínica um dos pontos principais que precisa ser avaliado é em relação ao controle dos custos fixos e variáveis, entendendo, diferenciando, e, acima de tudo, calculando-os. Para isso, uma planilha de custos pode se fazer essencial para garantir sua organização financeira.

Mas será que você sabe, de fato, quais são os passos que você deve seguir para montar uma planilha de custos e ter controle do financeiro da clínica? Reunimos algumas dicas que com certeza contribuirão bastante a você. Veja abaixo.

Quais são os benefícios de se ter uma planilha de custos na clínica?

Quando se tem uma planilha de custos bem estruturada na sua clínica é possível saber quanto você gasta para a manutenção mensal do empreendimento. Assim, você saberá quanto de reserva é necessário ter para que, em caso de possíveis imprevistos (como é o caso da queda de receitas) a clínica possa continuar operando normalmente.

E a segunda vantagem é que assim fica mais claro quanto você deve cobrar sobre seus produtos e/ou serviços, ou seja, auxilia diretamente na sua precificação.

Veja como montar uma planilha de custos na clínica

Para ter uma planilha de custos estruturada e organizada na sua clínica é preciso seguir alguns passos. Confira a seguir quais são:

1 – Faça o levantamento dos custos

Em uma planilha, coloque quais foram os custos (fixos e variáveis) de forma com que eles se separem a partir das suas denominações e meses. Neste momento ainda não é necessário fazer a separação dos custos fixos e variáveis, apenas separe o que gastou em cada mês.

2 – Separe os valores mensais de acordo com o volume

Agora separe os valores de acordo com o volume. Por exemplo: a conta de luz, embora possa haver variação nos seus valores, ela tende a manter um valor constante. Faça o cálculo de qual foi o valor gasto com cada categoria nos últimos meses e anote essa informação.

3 – Faça a classificação das contas de custos

Agora, classifique seus custos de acordo com as categorias reunindo-os de acordo com os gastos fixos e variáveis e com os valores aproximados. Por exemplo: as contas fixas de luz, internet, água, entre outros, farão parte de uma categoria de contas fixas com valores semelhantes.

4 – Faça uma análise das contas

Feito isso, é hora de analisar cada uma das contas separadamente para identificar qual(is) dela(s) são essenciais e precisam continuar para garantir um bom atendimento aos pacientes. Por exemplo: a compra de remédios e matéria-prima para realização de procedimentos são essenciais, mas não devem ser consideradas como gastos fixos pois muito provavelmente você não comprará a mesma quantidade todos os meses, variando de acordo com a quantidade de atendimentos.

5 – Monte um plano de contas

Agora que você já separou as contas e sabe quais são as principais despesas da clínica, você precisará montar um plano de contas para que as próximas despesas possam ser lançadas de maneira correta e organizada. Lembre-se que cada despesa precisará ser lançada no seu campo apropriado e com os valores reais do gasto.

6 – Monte um fluxo de caixa

E, por fim, mais um passo importante para garantir sucesso na sua planilha de custos é montar um bom fluxo de caixa para a sua clínica a partir dos dados obtidos com as informações levantadas. Assim, você conseguirá fazer uma projeção do funcionamento para os próximos meses para garantir a saúde financeira do empreendimento.

E se porventura os seus gastos estiverem muito altos, é muito importante que você reavalie para entender se os mesmos são essenciais ou se é possível economizar. E caso necessário, faça um reajuste no seu valor para que você não saía no prejuízo e não coloque em risco o futuro da clínica.

E aí, conseguiu compreender como se faz uma boa planilha de custos para a clínica? Esperamos que sim! Mas se você tiver ficado com alguma dúvida, basta comentar aqui que nós te esclarecemos.

No mais, continue acompanhando o nosso blog para mais dicas de empreendedorismo como essa. Te esperamos por aqui!

Agenda online para clínicas: como funciona essa solução?

Os profissionais da área médica estão sempre em busca de maneiras para otimizar os serviços e garantir boas experiências aos pacientes. E sem dúvida alguma a agenda online para clínicas possui influência direta para isso.

Afinal, elas possuem diversos benefícios para a rotina administrativa da clínica e ainda contribui para que os pacientes consigam agendar as consultas de forma simples e prática.

Criamos esse post para que você saiba como funciona a agenda online para clínicas e seus principais benefícios. Confira abaixo!

Como funciona a agenda online para clínicas

Já aconteceu com você alguma situação em que dois pacientes tenham sido agendados no mesmo horário? Ou que por algum descuido você acabou perdendo os dados de algum paciente? Essas são situações bastante comuns para clínicas que utilizam de agendas físicas para agendamentos.

Já com o serviço de agenda online para clínicas, esses problemas são solucionados. Além disso, você garante muito mais praticidade para sua rotina administrativa como também para seu paciente, estes que poderão agendar e confirmar as suas consultas sem que seja necessário entrar em contato com a clínica por telefone ou WhatsApp.

Através da agenda online, os funcionários da clínica acabam tendo mais tempo livre para realizar outras funções, já que não precisarão ficar tanto tempo disponíveis para realizar a marcação e confirmação de consultas. Já em relação aos pacientes, eles poderão agendar as consultas no horário que mais for conveniente a ele, basta acessar a agenda da clínica para verificar os horários disponíveis e, sem nenhuma complicação, realizar o agendamento.

Principais vantagens da agenda online para clínicas

agenda online para clínicas
Veja quais são as vantagens da agenda online para clínicas. | Foto: Freepik

Bom, agora que você viu como funciona a agenda online para clínicas, é hora de saber quais são as principais vantagens que ela pode te proporcionar. Veja a seguir:

Facilidade e praticidade

A primeira vantagem é que através da agenda online para clínicas, os pacientes poderão agendar suas consultas através do seu próprio smartphone, sem ser necessário fazer nenhuma ligação. Além disso, ele mesmo terá a autonomia de escolher o melhor dia e horário para consulta, com total autonomia.

Já para a clínica, a facilidade e praticidade que o sistema de agendamento online pode proporcionar é pelo fato de os profissionais não precisarem dedicar tanto tempo para marcação e confirmação de consultas, dando oportunidade para que eles façam outras funções administrativas, comerciais e de marketing da empresa.

Agendamento 24h

Um fator que contribui bastante para a agenda cheia de uma clínica é quando a mesma proporciona benefícios aos seus pacientes, sendo que um dos principais é a disponibilização de agendamento online 24h.

E o motivo disso? Bom, em uma rotina cada vez mais tumultuada, as pessoas estão cada vez mais sobrecarregadas e sem tempo para resolver pendências pessoais durante o horário do trabalho. E isso faz com que os pacientes acabem até mesmo esquecendo de agendar suas consultas pelo telefone da clínica durante o horário de funcionamento.

Quando há marcação online, eles podem agendar a consulta na hora que for mais conveniente, sem que seja necessário fazer ligação para clínica ou até mesmo mandar uma mensagem sequer, sendo um fator que contribui bastante para a tomada de decisão do paciente.

Economia

A agenda online para clínicas também contribui para a economia, não apenas de tempo, mas também financeira. Isso porque os gastos com ligações serão reduzidos consideravelmente.

E aí, restam dúvidas que a agenda online é, de fato, um bom negócio para sua clínica? Acredito que não, né? Então agora é hora de você encontrar algum software médico que disponibiliza dessa funcionalidade para que você possa usufruir de todos esses benefícios.

E uma boa opção que podemos te indicar é o Sarar. Através do app, você tem a possibilidade de agenda online, bem como outras funcionalidades que contribuem bastante para o seu sucesso profissional. Quer saber mais sobre o aplicativo? Clique aqui e conheça!

No mais, esperamos que você tenha gostado do post e que possa continuar acompanhando o nosso blog para mais dicas como essa. E se porventura estiver com alguma dúvida, basta comentar aqui que nós te esclarecemos. Até a próxima!

Descubra como ter agendamento de consulta médica online na sua clínica!

Se tem uma coisa que todos os médicos desejam é ter destaque no mercado e sucesso profissional. E são vários os aspectos que contribuem para isso, como: qualidade nos atendimentos, boa infraestrutura da clínica, relacionamento com os pacientes e, é claro, a disponibilização de agendamento de consulta médica online.

Mas afinal, você sabe qual é a real importância do agendamento de consulta médica online e o que você deve fazer para disponibilizá-lo? Te contamos logo abaixo. Confira!

Importância do agendamento de consulta médica online

Não tem como negar que estamos inseridos na era digital. Por exemplo: sempre que precisamos de algum produto e/ou serviço, já é comum procurarmos opções na internet e até mesmo efetuarmos a compra por lá. E isso não é diferente quando se trata de serviços médicos.

Os pacientes buscam por referências de profissionais na internet e, ao localizarem o seu perfil, seria muito mais prático caso eles conseguissem realizar o agendamento também através do seu smartphone ou computador, concorda?

dicas sobre marcação online
Veja quais são as vantagens de incluir a marcação de consulta online na sua clínica. | Imagem: Freepik

Ainda mais que, dessa forma, eles poderão realizar o agendamento das consultas durante 24 horas por dia, não limitando aos horários de funcionamento da clínica. Poderão também escolher, dentre os horários disponíveis, aqueles que mais lhe agradam com muita facilidade.

É muita praticidade e conveniência que contribuirão para que os pacientes se decidam pela marcação da consulta. E isso é o que justifica a sua importância, não apenas para os pacientes, como também para a clínica, uma vez que a mesma terá os horários preenchidos com mais facilidade e sem precisar disponibilizar muitas horas do dia dos colaboradores para realizar as marcações de consultas.

Portanto, incluí-lo em sua clínica é essencial para o seu sucesso profissional. Falaremos sobre isso adiante.

Como o Sarar pode contribuir para o agendamento online da sua clínica

Bom, agora você já sabe qual é a importância do agendamento de consulta médica online. Mas… O que deve ser feito para implementá-lo na sua clínica?

Uma das maneiras mais eficazes e seguras de disponibilização de agendamento online para os seus pacientes é através do aplicativo Sarar. Com ele, os pacientes que estão em busca de profissionais de saúde poderão visualizar perfis de acordo com a localização e especialidade para definir qual mais lhe agrada e agendar a consulta através do próprio app, sem burocracia ou dificuldade.

Além disso, os pacientes conseguirão também descontos de até 70% nas consultas e exames marcados pelo Sarar, mais um motivo que o torna ainda mais atrativo em comparação aos outros softwares médicos.

Então, se você é médico e deseja oferecer serviço de agendamento online, além de obter novas formas de captação de pacientes, temos certeza que o app Sarar consegue contribuir bastante para você!

Acesse o nosso site: www.sarar.com.br para obter mais informações sobre o aplicativo e como se afiliar a ele. Temos certeza que você se surpreenderá!

No mais, esperamos que você possa ter compreendido a importância do agendamento de consulta médica online e como o aplicativo Sarar pode te ajudar. Caso tenha ficado com alguma dúvida, basta comentar aqui que te esclarecemos.

E se quiser continuar mais dicas e informações sobre empreendedorismo e marketing médico, fique de olho em nosso blog. Até a próxima!

Agendamento de consulta: como otimizar esse processo na clínica?

Se você deseja garantir uma boa experiência aos pacientes, é indispensável que você priorize por um bom processo de agendamento de consulta. Isso porque esse será um dos primeiros contatos do paciente com a clínica e muitas vezes pode ser fator determinante que fará com que ele queira ou não marcar um horário com você.

Mas afinal… Você sabe o que fazer para otimizar esse processo? Será que apenas disponibilizar um telefone de contato é o suficiente? É sobre isso que falaremos em nosso post de hoje! Confira abaixo.

Confira as dicas para otimização do agendamento de consulta

Se tem uma coisa que muita gente se engana é de achar que para prestar um bom serviço você deve apenas garantir um bom atendimento dentro do consultório. Muito antes disso é necessário preocupar-se com a experiência do paciente, que envolve diversos fatores, sendo um dos principais a otimização do agendamento.

Separamos abaixo algumas dicas que te ajudarão em sua otimização. Veja quais são:

1 – Disponibilize o agendamento de consulta online

Não tem como negar que estamos inseridos na era digital. E isso faz com que a maioria das pessoas opte por serviços que os proporcione o máximo de comodidade, sem que seja necessário a marcação via telefone ou agendamento físico.

como garantir o agendamento de consulta otimizado
O agendamento de consulta online é ideal para quem busca praticidade e agilidade. | Imagem: Pixabay

E é aí que entra a importância do agendamento de consulta online. Através dele os pacientes podem encontrar os profissionais que mais os agradam, verificar os horários disponíveis e realizar a marcação de forma simples e prática. E o melhor: sem que isso interfira na sua rotina, uma vez que o agendamento pode acontecer em qualquer horário, não limitando ao horário de funcionamento da clínica.

O aplicativo Sarar é uma excelente opção para que você disponibilize essa opção aos seus pacientes. Além disso, com ele você ganha mais visibilidade e credibilidade perante ao seu público para manter sua agenda sempre cheia. Clique aqui e saiba mais.

2 – Defina o tempo médio de atendimento

Saber o tempo estimado dos atendimentos também contribuirá bastante na otimização do agendamento de consulta. Afinal, assim você poderá saber qual é o intervalo que você precisará respeitar entre uma consulta e outra e ainda garantirá que os pacientes não ficarão insatisfeitos com o tempo de espera.

3 – Tenha uma equipe preparada

O preparo da sua equipe também é fator indispensável quando se trata da otimização do agendamento de consulta. E isso porque, através de profissionais competentes, você reduz o risco da duplicidade de marcação, falta de organização da agenda, dentre outros fatores que influenciam na experiência do paciente, garantindo que eles ficarão satisfeitos com o serviço prestado.

4 – Confirme as consultas antecipadamente

Se você conseguir confirmar as consultas antecipadamente, você terá riscos menores dos pacientes faltarem sem avisar e, em caso de desistência prévia, poderá preencher os horários com outros pacientes, garantindo que eles ficarão satisfeitos com o horário encontrado e você aliviado com a agenda sempre cheia. Portanto, essa também é uma boa estratégia para a otimização do agendamento de consultas.

5 – Tenha um bom relacionamento com seus pacientes

Por fim, mas não menos importante, manter um bom relacionamento com seus pacientes proporciona diversos benefícios, dentre eles a possibilidade de conhecê-los mais a fundo a fim de entender quais são suas expectativas e desejos no que se trata do agendamento de consultas, fazendo com que você possa buscar o aprimoramento dos seus serviços sempre que for possível.

Bom, esperamos que você possa ter compreendido quais são as dicas que você deve seguir para garantir a otimização do agendamento de consulta na sua clínica. Caso tenha ficado com alguma dúvida em relação a este tema, basta comentar aqui que nós te esclarecemos.

No mais, se quiser mais dicas e informações sobre empreendedorismo e marketing médico, continue acompanhando o nosso blog. Te esperamos por aqui!

Quais são os principais requisitos e as melhores linhas de crédito para clínicas?

Uma coisa é fato: se você deseja garantir o crescimento da sua clínica é essencial que você invista nela. E esse investimento deverá vir através dos seus conhecimentos, tempo e é claro, dinheiro. Caso você queira saber quais são as melhores linhas de crédito disponíveis para clínica, basta continuar a leitura desse post.

O que fazer para conseguir linhas de crédito para clínicas?

O primeiro passo que você precisa saber é que para conseguir linhas de crédito você deve procurar saber quais são os requisitos necessários da instituição financeira que você escolher para averiguar se sua clínica está apta para que a liberação do dinheiro seja validada.

Esses requisitos podem variar, mas é comum que seja necessária a apresentação de alguns documentos e comprovações, como:

  • Comprovante de endereço;
  • Cópia de RG e CPF do(s) proprietário(s);
  • Comprovante de pagamento do Simples Nacional;
  • Certidão negativa de débitos relativos a Tributos Federais e à Dívida Ativa da União;
  • Certidão de casamento (se casado);
  • Entre outros.

Quais são as melhores linhas de créditos para clínicas?

Quais são as melhores linhas de créditos para clínicas?
Foto por Rawpixel

Existem diversos tipos de financiamento no mercado, entretanto há algumas opções mais indicadas para a área da saúde. Confira quais são:

Leasing

Leasing refere-se ao termo “locação” em inglês, sendo um dos tipos de linhas de crédito mais indicados para clínicas que precisam adquirir um equipamento caro e não tem verba para isso.

Funciona da seguinte forma: o empreendedor entra em contato com a instituição financeira e informa detalhadamente qual é o equipamento que necessita. Assim, eles firmam um acordo para que a instituição possa realizar a compra do equipamento e então ele será financiado por um tempo determinado.

Após o término do contrato, a clínica terá as seguintes opções: renovar o contrato por mais tempo, devolver o bem arrendado para o arrendador ou adquirir o bem pelo preço estipulado em contrato previamente.

BNDES

A opção do BNDES é uma das mais procuradas pelas clínicas médicas, especialmente para as de pequeno e médio porte. E isso se justifica devido às condições que ela oferece, com montantes de crédito altos e juros muito abaixo do que os aplicados nos bancos tradicionais.

Mas lembre-se: para que seja possível a liberação de linhas de crédito para você através do BNDES é indispensável que você esteja em dia com os seus tributos.

Linhas de crédito para entidades filantrópicas

Por fim, essa é mais uma opção disponível para empresas na área da saúde. Estamos falando do financiamento Caixa Hospitais (disponibilizado pela Caixa Econômica Federal), que visa antecipar os recursos a receber do Ministério da Saúde e do Fundo Nacional de Saúde através de condições especiais para parcelamento.

E aí, gostou das opções de linhas de crédito disponíveis para as clínicas? Então agora é hora de você escolher aquela que mais lhe encaixa ao seu perfil e fazer a sua cotação.

Caso tenha ficado com alguma dúvida referente a este assunto, não deixe de comentar aqui para que possamos esclarecê-la.

No mais, continue acompanhando o nosso blog para mais dicas de empreendedorismo e saúde. Nos vemos por aqui!

Saiba como aumentar o faturamento da clínica seguindo 4 dicas simples

Se você tem uma clínica médica muito provavelmente você já percebeu que para aumentar o faturamento e garantir o seu sucesso profissional ter apenas conhecimentos na sua área não é o suficiente. É necessário conhecer, planejar e executar ações administrativas e financeiras, além de prestar um bom atendimento durante toda a jornada do paciente.

Mas afinal… Será que você sabe quais são, de fato, os passos para aumentar o faturamento da clínica? Separamos dicas simples que você pode adotar na sua rotina para resultados surpreendentes. Confira abaixo!

Como aumentar o faturamento da clínica: veja nossas dicas  

Aumentar o faturamento é desejo da grande maioria dos empreendedores. Mas não são todos que sabem quais medidas devem ser tomadas para conseguir atingir este objetivo. Se este é o seu caso, veja algumas dicas simples que podem te ajudar:

1 – Tenha organização financeira

O primeiro passo para quem deseja aumentar o faturamento é ter uma organização financeira. Afinal, se você não conseguir distinguir sua conta profissional da conta pessoal, não guardar notas fiscais de insumos, não ter controle das receitas e despesas ou outras questões direcionadas ao financeiro da sua clínica, dificilmente você terá controle o suficiente para conseguir realizar um faturamento mensal com tranquilidade, o que pode até acarretar em problemas mais graves.

Por isso, busque organizar os recibos e notas fiscais para lançamento diário da movimentação financeira da clínica. Além de ser essencial a abertura de uma conta empresarial para separar seu dinheiro pessoal do dinheiro da empresa, sendo mais fácil de avaliar qual é o retorno real do empreendimento.

2 – Reduza custos

Após fazer um levantamento de receitas e despesas, muito provavelmente você conseguirá notar as lacunas em que você poderá economizar para aumentar o faturamento. Nesse passo o recomendado é que você analise seus últimos gastos para avaliar quais deles são essenciais e quais você consegue reduzir, garantindo assim economia e saúde financeira para a clínica.

3 – Invista em marketing médico

Muito se engana quem pensa que o marketing não está relacionado com o faturamento. Afinal, sem a devida divulgação do seu negócio, você não será conhecido pelo seu público-alvo, os horários não serão preenchidos e o seu faturamento não virá.

Por isso, crie uma boa estratégia de marketing médico para buscar aproximação dos seus pacientes e crie uma boa conexão com eles, garantindo assim confiabilidade, referência e aumentando as chances de conversão.

4 – Conte com o auxílio do app Sarar

Por fim, mas não menos importante, conte com auxílio de apps que te ajudem na divulgação da sua clínica e na sua organização financeira. Essa é sem dúvidas uma das maneiras mais eficientes, seguras e práticas para aumentar o faturamento e tornar-se conhecido perante o seu público-alvo.

Pelo Sarar, você consegue divulgar seus serviços para pacientes que buscam pelos seus serviços que, por sua vez, poderão agendar as consultas online com muita facilidade e ainda com descontos impressionantes, sendo vantajoso não somente para você, mas também para os pacientes.

Para mais informações sobre o app Sarar, basta acessar o nosso site. Tenho certeza que você se surpreenderá!

E aí, conseguiu compreender quais são as dicas para aumentar o faturamento da sua clínica? Esperamos que sim! Agora é hora de colocá-las em prática para resultados cada vez mais satisfatórios.

Caso tenha ficado com alguma dúvida sobre este assunto, basta comentar aqui que nós te esclarecemos. E se quiser mais dicas sobre empreendedorismo e marketing médico, continue acompanhando o nosso blog.

Como fazer uma boa administração de finanças da sua clínica

Todo médico que deseja ter o seu próprio empreendimento precisa ter em mente que, além dos conhecimentos técnicos da profissão, eles precisam também desenvolver alguns conhecimentos relacionados à administração de finanças para garantir o seu sucesso profissional.

Porém, nem sempre descobrir quais são esses conhecimentos e, mais do que isso, colocá-los em prática é tarefa fácil. Se porventura você deseja descobrir quais são e o que você precisa fazer para ter uma boa administração de finanças na sua clínica basta continuar a leitura desse post.

Qual é a importância da boa administração de finanças para clínicas?

Uma coisa é fato: de nada adianta o médico ter boas competências técnicas em sua área se o mesmo não souber administrar as finanças da clínica (ou não contratar quem faça isso em seu lugar). Isso fará com que, embora sua agenda esteja sempre cheia de clientes, ele não consiga organizar-se para pagar as suas despesas e poderá acabar acarretando a falência da empresa.

E é nesse cenário que entra a importância da administração de finanças: da mesma forma que é essencial a competência profissional do médico, ele também precisa estar ciente sobre o financeiro da clínica para garantir que tudo está sobre controle para o bom funcionamento ao decorrer dos meses.

Dicas para a boa administração de finanças para clínicas

Fazendo uma boa administração de finanças da clínica
Foto por Freepik

Embora uma das maiores preocupações de todo médico seja garantir um atendimento humanizado e qualificado aos seus pacientes, é bom ter em mente que isso não é o suficiente para garantir o sucesso da sua clínica. Além disso é essencial ter controle das finanças do estabelecimento e para isso você deve seguir os passos abaixo:

1 – Organize os gastos e faturamento

Em uma rotina muitas vezes tumultuada, a maioria dos profissionais acabam esquecendo de separar um tempo para fazer anotações sobre as movimentações financeiras da clínica, sejam elas diárias, semanais, mensais e anuais. Essa falta de informação prejudica bastante na sua organização, tendo em vista que você não saberá o que se passa e como andam as suas receitas e despesas.

Portanto, é muito importante que você disponha de um tempo diário para que você esclareça seus gastos e que saiba todos os gastos que se passam dentro da sua clínica, garantindo o controle necessário para obter as informações que você precisa para entender em quais áreas os recursos estão sendo utilizados.

2 – Planeje-se

Se mesmo sabendo com que os recursos estão sendo utilizados você não se planejar corretamente, muito provavelmente você vai acabar gastando muito com o que não deveria e poderá chegar em um momento em que você não conseguirá arcar com tantas despesas, virando uma verdadeira bola de neve.

Para isso não acontecer, o ideal é que você se planeje com antecedência, evitando assim grandes problemas para você.

3 – Tenha uma reserva financeira e invista

A terceira dica é muito importante, mas infelizmente é ignorada por grande parte dos profissionais que, ainda que tenham uma boa administração de finanças, acabam não levando em conta a reserva financeira.

E o motivo da sua tamanha importância é que não podemos prever o dia de amanhã e você pode acabar sendo pego desprevenido por algum imprevisto em que precisará arcar com alguma despesa repentina.

Portanto, lembre-se de guardar uma reserva e preferencialmente invista-a para garantir que ela irá render. Assim você ficará mais tranquilo(a) para que, se algo acontecer, você estará prevenido e o futuro do seu negócio não estará em risco.

4 – Contrate um software médico para auxiliar na administração de finanças

Sabemos que a rotina de um médico é por muitas vezes muito tumultuada sendo bastante complicado organizar-se financeiramente sem o auxílio de ninguém ou de algum software especializado. E é exatamente por isso que existem inúmeras opções no mercado que podem te ajudar com isso.

Então a recomendação é que você encontre uma boa opção de software médico para a contratação e utilize os recursos voltados para a gestão financeira. Assim você terá muito mais segurança, praticidade e agilidade durante o seu dia a dia para a administração de finanças e outras atividades da clínica.

5 – Tenha um bom marketing médico

Por fim, não deixe de investir em um bom marketing médico. Afinal, será através dele que você poderá se tornar referência no mercado, atrair e fidelizar pacientes e manterá sua agenda sempre cheia, aumentando o seu faturamento e melhorando a perspectiva financeira da sua empresa, ponto essencial para manter a sua administração de finanças sempre com bons resultados.

E aí, conseguiu compreender os principais pontos referentes a administração de finanças? Esperamos que sim! Caso tenha ficado com alguma dúvida sobre o assunto, basta comentar aqui que nós te esclarecemos.

E se porventura você quiser mais dicas e informações a respeito de saúde e empreendedorismo, continue acompanhando o nosso blog. Te esperamos por aqui!

Tudo o que você precisa saber sobre a gestão financeira de clínicas

Se você pretende garantir sucesso para sua clínica ou consultório, um ponto primordial que precisa ser analisado é a gestão financeira do empreendimento. Afinal, se você não controlar as suas contas a fim de obter lucros, o futuro do negócio poderá estar comprometido e você poderá colocar tudo a perder.

Para te ajudar com isso, criamos um artigo que reuniu tudo que você precisa saber a respeito da gestão financeira de clínicas médicas. Tem interesse no assunto? Confira a seguir.

O que é gestão financeira de clínicas e consultórios?

Diferente do que muitos pensam, a gestão financeira envolve muito mais do que saber qual é o seu saldo bancário.

É necessário ter em mente que para conseguir gerir seu negócio será necessário realizar atividades como: planejar, analisar e controlar as atividades financeiras a fim de fugir das estatísticas que mostram que 60% dos empreendimentos fecham antes de completar 5 anos.

São atividades recorrentes de uma boa gestão financeira: abordar as despesas, lucros, empréstimos e melhorias da clínica para calcular como anda as finanças do negócio e entender o que precisa ser feito para melhorar os seus resultados.

4 dados sobre a gestão financeira da seu negócio

Pensando nisso, existem dados essenciais que precisam ser analisados diariamente para uma boa gestão financeira. Veja abaixo quais são:

  • Verificação dos indicadores financeiros: os indicadores financeiros referem-se às métricas de performance, aqueles números que mostrarão se as ações tomadas dentro da empresa estão dando certo ou não. Eles devem ser analisados dentro de um contexto para que possam subsidiar as novas tomadas de decisão.
  • Analisar se a clínica está no prejuízo: embora pareça óbvio, esse é um dado essencial para ser analisado. Você precisa saber se as contas da empresa estão fechando, e isso vai muito além do saldo bancário, analisando se o valor investido é menor que a renda obtida pela empresa.
  • Ter controle dos créditos a receber: saber o crédito que você irá receber em curto, médio e longo prazo te ajudará a programar financeiramente. Além disso, você poderá comparar os resultados atuais com o seu capital anterior, avaliando se a empresa está progredindo e eliminando as possíveis falhas que possam aparecer.
  • Estudar melhorias que podem ser feitas: por fim, com os resultados obtidos nas opções anteriores, você poderá avaliar as melhorias que podem ser feitas a fim de garantir um melhor retorno financeiro e mais sucesso para a sua clínica. Além disso, há algumas medidas que podem ser tomadas para que o processo seja ainda mais consistente. Citaremos a seguir.

Dicas para garantir sucesso financeiro para clínicas e consultórios

Agora você já sabe do que se trata a gestão financeira para clínicas e quais são os principais dados que precisam ser avaliados. Só resta saber quais são as medidas que você deve seguir para conquistar o seu sucesso de forma consistente. Te contamos abaixo:

Tenha uma equipe de profissionais preparados

Esse é o primeiro passo para garantir sucesso através da gestão financeira na sua clínica. Inclusive, dependendo do tamanho da empresa você precisará de um setor direcionado para cuidar das finanças com o intuito de garantir maior organização e para não sobrecarregar a sua secretária.

Não misture as contas (pessoal e profissional)

Se você ainda não separou sua conta profissional da conta pessoal, já adiantamos que essa é uma ação que você deve fazer breve. Isso porque, ao pagar uma conta pessoal com dinheiro do caixa da empresa você pode acabar se desorganizando financeiramente e comprometendo seus gastos profissionais.

Faça relatórios financeiros

Os relatórios financeiros são essenciais para auxiliar nos indicativos financeiros e para que você saiba como anda as receitas e despesas da empresa. Tente incluir as contas a pagar e a receber, o estoque e capital de giro e todas as informações que forem pertinente em relação a sua gestão financeira.

Tenha um preço condizente ao seu trabalho

Quando se trata da gestão financeira, é indispensável pensar em preço. Afinal, para se obter lucro e garantir o funcionamento da empresa é necessário que você tenha uma receita que será obtida através dos serviços prestados.

Para isso, vale ressaltar que você deve avaliar o seu preço de acordo com o mercado, garantindo que ele seja justo, sem que seja alto demais a ponto de assustar os pacientes ou abaixo da média que desvalorize a sua mão de obra.

Contrate uma ferramenta de gestão

Por fim, mas não menos importante, avalie a contratação de uma ferramenta de gestão para a clínica para que você tenha mais agilidade, segurança e tranquilidade para o seu controle financeiro e administrativo. Tenho certeza que assim a sua rotina ficará muito mais prática e organizada.

E aí, conseguiu compreender do que se trata a gestão financeira e como você deve adotá-la? Esperamos que sim! Caso tenha ficado com alguma dúvida referente a este assunto, não deixe de comentar aqui para esclarecermos.

No mais, continue acompanhando o nosso blog para mais dicas sobre saúde e empreendedorismo. Te esperamos por aqui!

Atender por planos de saúde vale a pena?

Quando se trata de atendimentos médicos, os profissionais sempre ficam na dúvida sobre atender por planos de saúde ou não. Isso porque o atendimento através dos planos, apesar de apresentar muitos benefícios, também possuem algumas questões que não são tão vantajosas profissionalmente e financeiramente.

Para te ajudar esclarecer se vale ou não apena atender por planos de saúde, nós separamos os principais prós e contras dos convênios. Quer saber quis são? Confira a seguir.

Atendimentos por planos de saúde: principais vantagens

Ao optar pelo atendimento por plano de saúde, o profissional usufrui de vantagens bastante consideráveis. Confira abaixo quais são:

  • Aumento no volume de pacientes: esse é o principal motivo que leva o credenciamento aos convênios. Afinal, a demanda de pessoas que buscam atendimento médico através de planos de saúde é maior quando considerado aos atendimentos particulares e isso faz com que a agenda desses profissionais estejam sempre preenchida, havendo maior fluxo de caixa;
  • Maior visibilidade: uma vez que o nome do profissional passará a aparecer na lista do plano dentro de sua especialidade, ele terá maior visibilidade e será encontrado com maior facilidade pelos seus pacientes;
  • Credenciamento ilimitado: não há limitação para se credenciar em operadoras de planos de saúde. No entanto, é recomendado que você avalie as características de cada uma delas para escolher de quais você deseja participar.

Atendimentos por planos de saúde: principais desvantagens

Por outro lado, os planos de saúde também oferecem alguns pontos que podem ser prejudiciais para os profissionais que desejam incluí-los nas suas estratégias e atendimentos. Veja quais são:

  • Valor alto: grande parte dos planos de saúde cobram valores altos para o credenciamento dos médicos. Essa é uma forma de lucro para os planos e uma maneira de selecionar, de modo financeiro, quais serão os profissionais que serão credenciados;
  • Baixa remuneração: infelizmente, os planos de saúde não têm o hábito de pagar tão bem os médicos como se pode acontecer nas consultas particulares. Além disso, os planos de saúde não costumam cobrir todos os procedimentos, fator que pode impactar negativamente para alguns pacientes;
  • Burocracia: por fim, há um processo bastante burocrático para garantir o credenciamento que deve ser analisado juntamente com a operadora que você deseja se credenciar. Mas vamos adiantando: você precisará separar diversos documentos e informações para atingir êxito, podendo inclusive ter de passar por um processo de seleção;
  • Mais trabalho: esse é um item que pode ser considerado uma vantagem e desvantagem ao mesmo tempo. Afinal, quanto mais você trabalhar, mais clientes você terá e maior será o seu retorno financeiro. No entanto, como foi dito, a remuneração financeira através dos planos de saúde é mais baixa, fazendo com que você precise trabalhar mais para atingir um retorno financeiro esperado;
  • Queda na qualidade do atendimento: este é um aspecto que é necessário ter muita atenção, pois pode te prejudicar (e muito). E a justificativa é que, quanto mais você trabalhar, seu atendimento pode acabar se tornando muito menos personalizado e o tempo de espera pode acabar sendo maior, o que resultará na queda de qualidade no atendimento e na não satisfação dos seus pacientes. Lembre-se que é de extrema importância atender bem a todo mundo para garantir que seus clientes ficarão satisfeitos e fidelizarão aos seus serviços.

Mas afinal… Vale a pena ou não?

Bom, essa é uma resposta bastante pessoal. O que recomendamos que você faça é analisar a sua situação, os prós e contras para se decidir se você deseja ter maior visibilidade e atração de clientes, ainda que para isso seja necessário ter um retorno financeiro menor e ter que fazer um investimento para se associar aos planos de saúde.

Uma boa opção que temos para te apresentar é o app Sarar. Através dele, você também consegue garantir boa visibilidade e atração de clientes e ainda consegue oferecer consultas e exames médicos com um preço bastante acessível aos seus pacientes, ainda que particular. Assim, você usufrui de todos os benefícios dos planos e das consultas particulares. Quer saber mais? Clique aqui e confira as nossas condições!

No mais, esperamos que você tenha conseguido entender sobre esse assunto. Caso tenha ficado com alguma dúvida basta comentar nesse post que te esclarecemos.

E se quiser continuar acompanhando dicas e informações sobre saúde e empreendedorismo, continue acompanhando o nosso blog. Até a próxima! 😊

Agendamento rápido de consulta: o telefone é a melhor opção?

Na hora da marcação de consulta, um dos principais fatores mais avaliados e considerados pelos pacientes é a agilidade. Portanto, se você busca passar boa impressão sobre a clínica ou consultório e satisfazer o seu público, é indispensável que você pense qual é a melhor maneira de garantir o agendamento rápido de consulta.

E nesse quesito podemos avaliar opções que vão desde o telefonema, sendo esta a forma mais tradicional de todas, até o agendamento online (podendo ser através de apps médicos específicos ou até mesmo pelo WhatsApp).

Com isso é comum surgir a dúvida: será que o telefone é a melhor opção? Confira nesse post quais são os prós e contras do agendamento de consultas pelo telefone e tire as suas conclusões!

Agendamento por telefone: prós e contras

O agendamento por telefone é o método mais tradicional que existe, sendo utilizado por clínicas e consultórios há décadas. Ele consiste em o paciente pegar o número do estabelecimento e ligar para que possa ser atendido pelo setor responsável pelas marcações (recepcionista ou call center) e fazer a marcação do seu horário dentre as opções disponíveis.

Podemos citar como principal vantagem desse tipo de agendamento o fato da possibilidade de o paciente aproveitar essa ligação para retirar alguma dúvida ou pedir alguma orientação a respeito do profissional ou procedimento.

No entanto, os contras desse tipo de agendamento é que o paciente pode acabar encontrando a linha telefônica ocupada, precisando retornar a ligação por diversas vezes ou então ter de aguardar na linha (na maioria das vezes ouvindo aquelas musiquinhas de espera que ninguém gosta). Essa espera pode gerar insatisfação no paciente ou até mesmo desistência.

Além disso, através desse método o paciente não consegue ter acesso a todos os horários disponíveis na agenda, precisando escolher apenas dentre as pouquíssimas opções que o atendente lhe passou.

Por fim, outra desvantagem considerável que podemos citar é que se o objetivo é encontrar um agendamento rápido de consulta, acreditamos que essa não seja a melhor opção. Isso porque como foi dito acima na maior parte das vezes o paciente precisará esperar sua vez de ser atendido e, por parte da equipe de colaboradores, o agendamento telefônico também toma grande parte do tempo diário, precisando por vezes direcionar alguém exclusivamente para essa função.

Como garantir o agendamento rápido de consulta no método online?

Se por um lado nós concluímos que o agendamento telefônico, embora seja um método tradicional e que possa garantir benefícios para a clínica não seja tão rápido, o agendamento online pode contribuir e muito para garantir agilidade durante as marcações.

E a explicação disso é que com ele o cliente pode agendar suas consultas diretamente do site da clínica/consultório ou por um app específico sem que seja necessário intermediários (como é o caso de call centers e atendentes).

Há também a possibilidade de marcação online pelo WhatsApp, embora esta maneira não seja tão eficaz como quando se utiliza um software específico para isso.

Agendamento online: prós e contras

Já adiantamos que o agendamento de consultas online pode ser muito benéfico para garantir um agendamento rápido de consulta. Porém, muito se engana quem pensa que seus benefícios acabam aí. A clínica/consultório que optar por essa forma de marcação irá usufruir de diversas outras vantagens, como:

  • Funcionamento 24 horas por dia: o agendamento online normalmente funciona 24 horas por dia, 7 dias por semana, permitindo que o paciente agende sua consulta fora do horário comercial (o que não acontece na marcação por telefone, por exemplo). Essa é de fato uma excelente vantagem, tendo em vista que o dia a dia das pessoas está cada vez mais corrido e grande parte delas está deixando para resolver suas pendências pessoais à noite;
  • Praticidade: uma vez que a marcação online acontece geralmente através do site ou app para smartphone, o paciente usufrui de uma praticidade tremenda durante o agendamento, precisando ter acesso apenas a um aparelho eletrônico com acesso à internet;
  • Dá maior poder de decisão aos pacientes: diferente da marcação por telefone, ao marcar a consulta online o paciente consegue ter acesso a agenda do profissional para escolher, dentre todos os horários disponíveis, qual é o que mais lhe agrada. Ou seja, ele tem maior poder de decisão;
  • Agilidade: a marcação online normalmente é bem rápida e descomplicada, levando poucos minutos até que o paciente consiga agendar o horário com o profissional desejado. Esse fator é uma das principais vantagens e que vai contribuir para que o paciente tenha uma boa impressão da clínica;
  • Maior otimização de tempo: além de otimizar o tempo do paciente que leva poucos minutos até fazer sua marcação, o agendamento online é benéfico também para a otimização do tempo dos funcionários da clínica que por sua vez terão mais tempo livre para se dedicar às outras tarefas administrativas, sem precisar passar grande parte do dia no telefone agendando e confirmando as consultas dos pacientes.

Entretanto, embora o agendamento online seja muito benéfico para grande parte das clínicas, não podemos deixar de citar um fator que deve ser considerado quando decidir incluir esse agendamento rápido de consulta na sua clínica: é que este método costuma agradar públicos mais jovens e que já são adeptos ao uso da tecnologia. No caso de pacientes idosos e conservadores, será necessário manter o canal de atendimento por telefone para conseguir atendê-los.

Bom, esperamos que você tenha conseguido compreender quais são os prós e contras dos agendamentos por telefone e online. Caso tenha ficado com alguma dúvida, basta comentar aqui que nós te esclarecemos.

E, se porventura você tiver interesse em conhecer um app médico que disponibiliza a função de marcação de consulta online além de diversos outros benefícios para a sua clínica/consultório, não deixe de acessar o site do Sarar. Tenho certeza que você se surpreenderá!

No mais, te esperamos por aqui em nossos próximos posts para mais dicas de saúde e empreendedorismo! Até a próxima.