fbpx
psicologia

Entenda a função da psicologia na atualidade

Entenda a função da psicologia na atualidade

Você sabe qual a importância da psicologia na atualidade?

Compreender a mente e o comportamento humano é um desejo que a maioria das pessoas possuem. Afinal, seria bem mais fácil poder controlar nossos sentimentos e expressões quando quiséssemos.

Ainda que esta condição não esteja totalmente ao nosso alcance, podemos contar com uma área de cuidados mentais e emocionais que ajudam a tratar nossos desequilíbrios internos: a psicologia.

Entenda mais sobre ela neste post!

O que é a psicologia?

Você já sentiu vontade de conversar e desabafar tudo aquilo que te faz mal para alguém, mas esse alguém não existia em sua vida?

Afinal, não é para qualquer pessoa que contamos nossas tristezas e problemas, não é mesmo?

Neste momento, um psicólogo seria sua melhor alternativa!

Responsável e profissional, o psicólogo poderá te ouvir e tratar todas as suas causas emocionais, focando sempre em sua melhoria.

De maneira formal, a psicologia na atualidade comporta a área de estudos de ciências humanas, visando o tratamento e acompanhamento do comportamento das atividades do cérebro e suas respectivas interligações com o corpo.

A origem da ciência é uma das mais antigas da humanidade e foi originada pelo interesse do homem em conhecer o mundo ao seu redor, juntamente com suas relações sociais.

A importância do autoconhecimento

Ao se conhecer, você inicia um novo processo de disciplina, controle emocional e saúde física. Entender suas necessidades e aquilo que é melhor para você, pode resolver a maioria de seus problemas internos.

E o melhor é que você não precisa estar sozinho durante este processo. Para isso, psicólogos abrem sessões de diálogos e tratamentos dedicados exclusivamente a você.

Este é o único ramo de conhecimento responsável pelo entendimento pessoal, além do físico, uma vez que a psicologia também pode melhorar o corpo físico, você sabia? Isso acontece porque ela trata a mente, avaliando as memórias e sentimentos de forma a encontrar a causa de algumas reações. 

Por exemplo, se você apresenta sudorese ao atravessar uma ponte é sinal de medo ou ansiedade. Este sintoma físico pode estar ligado a algo bem mais íntimo e poderoso a ser tratado com um psicólogo. Logo, curar a mente é curar também o corpo. 

Conhecer mais sobre você mesmo, ajuda no entendimento de seus próprios sentimentos e na superação das diferentes situações do cotidiano. 

A função social da psicologia

De fato, a psicologia tem um enorme papel no desenvolvimento pessoal e nas mudanças comportamentais. Se uma pessoa está enfrentando graves crises de ansiedade, por exemplo,  o psicólogo é o profissional adequado para ajudá-lo.  

A psicologia também estuda o homem inserido em seu meio social, seu comportamento diante de diversas situações e seus sentimentos na tomada de decisões.

Muitos estudos são responsáveis por revelar e resolver problemas sociais. Por exemplo: investigar o medo ou vergonha de algumas pessoas em ir a um consultório médico, pode levar a um aumento de visitas do agente de saúde  para orientações.

É uma prova de como o estudo da psicologia pode auxiliar comunidades. Uma união entre conhecimento social e o mental para ajudar um público  específico. 

Psicologia
Imagem by: Raw Pixel

A psicologia ainda tem muito por desenvolver

São apenas 600 anos de existência da psicologia. Demorou mais de um século para se compreender seu valor interdisciplinar e ainda há muito a se desenvolver.

Seus recentes usos na política, por estudo de comportamento, para direcionar o voto de forma precisa com as fakes news, é uma grande prova do que essa ciência ainda pode oferecer ao mercado. 

Quais as áreas de atuação da psicologia?

A psicologia na atualidade conquistou o espaço em muitas áreas, sendo algumas delas até desconhecidas pela maioria das pessoas. De qualquer modo, todas são importantes e ajudam no tratamento de causas específicas de maneira exclusiva.

De modo geral, a psicologia clínica é uma das categorias mais ativas atualmente, e pode ser utilizada para tratamentos como:

  • Crises existenciais: Pacientes que desejam conhecer mais de si mesmo; pessoas que não se encontram em um propósito ou objetivo de vida; pessoas que não estão felizes consigo mesmas.
  • Situações traumáticas: Pacientes que passaram por situações traumáticas como Violência, estupro, morte, separação, acidente, família e outros.
  • Doenças: pessoas que apresentam os mais diversos graus de depressão, transtornos, síndromes, ansiedades, estresse, esquizofrenia, fobias e outros.

Outros quadros e situações também comportam os tratamentos. Para que isso possa ser identificado, a realização de uma consulta é necessária.

Quando fazer terapia?

Algumas situações cotidianas exigem um cuidado especial de nosso físico e de nosso psicológico. 

Algumas situações, como por exemplo, estresse, trabalho e problemas rotineiros, podem gerar uma carga negativa, fazendo com que você se sobrecarregue e desanime.

Nesse momento, a indicação de uma terapia é altamente aconselhada. Veja abaixo alguns dos principais sintomas de desequilíbrio emocional:

Sintomas Físicos

O primeiro sinal de que não estamos bem é demonstrado em nosso corpo. No entanto, poucas pessoas sabem que muitos desses sintomas podem ser alertas de problemas emocionais.

Ao mesmo tempo, não significa que todas as dores serão sintomas de doenças. Portanto, é bastante importante que você saiba diferenciar as causas. Se você tiver dúvida ao ponto de não conseguir se identificar, um médico especialista poderá te ajudar.

No quesito psicológico, os principais sinais de um transtorno ou desequilíbrio emocional são: dores no peito, dores no estômago, cansaço físico, desânimo, dores de barriga e irritação.

Desinteresse constante

A psicologia na atualidade pode explicar muito bem a questão do desinteresse como sintoma de um emocional ruim.

É bastante importante reparar se o nível de desinteresse chegou a um ponto exagerado, como por exemplo, deixar de fazer coisas básicas do cotidiano.

Ainda que você não note, pessoas mais próximas de você podem perceber o modo diferente de suas ações.

Se isso mudar o seu modo de viver, prejudicando a sua rotina e a sua mente, está na hora de procurar suporte em um psicólogo.

Situações traumáticas

Situações traumáticas podem representar um dos principais fatores do desencadeamento de doenças psicológicas.

Mortes, separações ou doenças podem gerar sintomas como tristeza, desânimo, medo e angústia. No entanto, se esses sentimentos tomarem grande parte de sua vida, é momento de procurar ajuda.

Mas não se preocupe, você não é obrigado a ser forte o tempo todo. Justamente por este motivo, profissionais estão prontos para te ajudar a vencer um desconforto antigo que você ainda não conseguiu superar.

Problemas Conjugais e outros

Como já citamos, problemas conjugais como separações, por exemplo, podem originar transtornos ou desequilíbrios emocionais notáveis. 

Em alguns casos, a separação nem sempre é a causa principal, mas sim o fato de precisar conviver com alguém de maneira não respeitosa ou sofrida.

Se você sentir que este cenário está prejudicando o seu emocional, sua vida pessoal e o seu desenvolvimento, é hora de tratar suas causas e iniciar uma nova etapa.

Se algo não vai bem, procure ajuda!

Por que a psicologia é importante atualmente?

A psicologia na atualidade é importante pelo fato de tratar causas emocionais, comportamentos pessoais e coletivos, visando a saúde mental e plenitude dos pacientes.

A psicologia foi e continuará sendo a ciência que mais garante avanços na saúde emocional individual e também nas relações humanas, propondo soluções específicas e dedicadas para cada um.

Conclusão

Se você chegou até aqui, com certeza entendeu o quão importante é a psicologia na vida das pessoas, principalmente nos dias de hoje, onde muitos se perdem em seus sentimentos e limitações.

Gostou do post? Então não perca novos conteúdos, basta clicar aqui!

Até a próxima.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *