fbpx
insolação

Insolação: qual médico procurar para tratar?

Insolação: qual médico procurar para tratar?

Um grande problema para quem tem, em especial, a pele muito branca é se expor por várias horas ao sol e pegar uma insolação.

Normalmente isto acontece em ambientes muito quentes ou em situações que provoquem aumento rápido da temperatura corporal. Por exemplo, não passar protetor solar (na praia, clube ou piscina), praticar atividades extenuantes, usar excesso de roupas no calor e ficar sem se hidratar por muito tempo.

Em casos graves é necessário procurar atendimento médico de emergência. Ou seja, qualquer clínico em pronto-socorro poderá prestar o atendimento. O melhor é levar a pessoa imediatamente ao hospital ou solicitar apoio de urgência e emergência (SAMU 192).

A insolação causa sintomas que vão aparecendo aos poucos. Os primeiros sinais são dores de cabeça, tontura, náusea, pele quente e seca, pulso rápido, temperatura elevada, distúrbios visuais e confusão mental.

Até a chegada de um médico e dos primeiros socorros, algumas medidas podem ser tomadas para ajudar a baixar a temperatura corporal, lenta e gradativamente.

O que fazer com uma pessoa com insolação?

  1. Remova a pessoa para um local fresco, à sombra e ventilado e retire o máximo de peças de roupas;
  2. Se estiver consciente, deverá ser mantida em repouso e recostada (cabeça elevada);
  3. Ofereça bastante água fria ou gelada ou qualquer líquido não alcoólico;
  4. Aplique compressas de água fria na testa, pescoço, axilas e virilhas;
  5. Tão logo seja possível, a pessoa deverá ser imersa em banho frio ou envolta em panos ou roupas encharcadas.

O diagnóstico da insolação é basicamente clínico. O profissional de saúde poderá pedir exames detalhados para averiguar o nível da insolação e comprometimento de algum órgão.

Os exames mais usados são o hemograma, urina, testes de função muscular e de imagem. Quando levados para a unidade de terapia intensiva (UTI), os pacientes com insolação podem ter pressão arterial baixa e não respirar adequadamente; portanto, um tubo e um soro intravenoso são geralmente usados.

Para casos muito graves, um dispositivo conhecido como resfriador endovascular é inserido no vaso sanguíneo da coxa, de modo muito semelhante à diálise, para resfriar o sangue.

Outro método é deixar correr água por meio de um tubo inserido pelo nariz até o estômago ou cirurgicamente para resfriar o corpo.

Danos para a saúde

A insolação pode causar convulsões, lesões cerebrais e problemas no fígado, rins e circulação. Também pode afetar a capacidade de coagulação do sangue.

Quando o corpo está muito desidratado, a pressão arterial cai à medida que os vasos se dilatam e os rins não fornecem oxigênio suficiente. Sem tratamento imediato, as chances de óbito são altas ou as pessoas ficam com sequelas irreversíveis. Além disso, os rins podem ficar comprometidos.

Com tantos danos, a principal dica que podemos dar é: previna-se! Evite permanecer sob o sol entre às 10h e às 16h e ficar muito tempo no carro em dias de sol, use roupas leves e protetor solar, beba muitos líquidos e consuma alimentos leves, como frutas e verduras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *