fbpx
lista de doenças metabólicas

Entenda o que são as doenças metabólicas

Entenda o que são as doenças metabólicas

Conhecidas como doenças metabólicas, essa categoria comporta uma série de complicações que envolvem a resistência que o corpo tem à insulina, induzindo o pâncreas a produzir o hormônio em grandes quantidades. 

Mas se você não sabe como tudo ocorre, fique tranquilo pois trouxemos um conteúdo dedicado para te explicar!

Acima de tudo, ficamos felizes que você tenha chegado até aqui em busca dessas informações, uma vez que as doenças metabólicas estejam se agravando com o passar dos anos.

Portanto, basta acompanhar o post!

O que são doenças metabólicas?

As doenças metabólicas são caracterizadas por complicações relacionadas à obesidade, sedentarismo e alimentação consideravelmente inadequada. Infelizmente, essas características estão muito ativas em nosso meio atual.

Partindo deste princípio, outras doenças ganham espaço em cenários de saúde como esse.

Além do diagnóstico por exame, algumas características físicas também podem retratar a resistência à insulina no corpo, como: lesões em regiões de dobra no corpo, similares a verrugas mais escuras.

O que é metabolismo?

Ao mesmo tempo, você pode se perguntar do que se trata o metabolismo e como ele funciona.

Quando tratamos no termo “metabolismo” nos referimos a reações que o nosso organismo gera, ou seja, as reações energéticas e estruturais do corpo. 

Essas duas categorias podem ser divididas da seguinte maneira:

Anabolismo: Reações de biomoléculas que produzem substâncias necessárias para o crescimento e manutenção do organismo.

Catabolismo: Reações químicas que quebram moléculas baseadas na liberação de energia necessária.

Partindo desses pontos, podemos entender melhor sobre as doenças metabólicas.

Quais são as principais doenças metabólicas?

o que é e quais são as doenças metabólicas
Saiba quais são as principais doenças metabólicas. | Imagem: Pixabay

Agora você poderá conferir quais são as principais doenças metabólicas e como elas agem em nosso organismo.

Obesidade

Em primeiro lugar, destacamos a mais conhecida: a obesidade.

A doença é caracterizada pelo excesso de comida e acúmulo de gordura corporal. E não apenas isso, a mesma também está interligada com uma série de novas complicações, incluindo até mesmo a diabetes.

Sua causa principal está baseada na falta de atividades físicas, sedentarismo, má alimentação e alterações de hormônio.

Pessoas que sofrem com essa doença, estão consideravelmente mais propícias a desenvolver outros quadros como, diabetes, pressão alta, pedra na vesícula e outros.

O tratamento e acompanhamento especializado deve ser procurado o quanto antes.

Diabetes do tipo 2

A próxima doença que podemos citar é a diabetes do tipo 2, definida por níveis elevados de açúcar no sangue.

Sua causa ocorre a partir da falta de insulina no corpo, uma vez que a mesma move as moléculas de açúcar para outras células de armazenamento. Desse modo, o corpo não produz o hormônio na quantidade ideal.

O tipo 2 ocorre a partir do momento em que o organismo se torna resistente à insulina e mantém o açúcar no sangue.

Pressão alta

Bastante conhecida entre a população, a pressão alta está diretamente relacionada à pressão do sangue entre as artérias, gerando o risco de problemas cardíacos.

A pressão da qual falamos, funciona de acordo com a quantidade de sangue que o seu coração bombeia ou a intensidade do fluxo sanguíneo entre suas artérias, considerando o fato de elas serem mais estreitas ou não.

A pressão alta também pode ser resultado de outras doenças, como diabetes ou hipertireoidismo.

AVC

Também conhecido como “derrame cerebral”, a doença trata de umas das principais causas de morte atuais.

O Acidente Vascular Cerebral (AVC) acontece quando os vasos sanguíneos do cérebro entopem ou se rompem, resultando em uma paralisia na área que ficou sem a circulação sanguínea.

Como posso prevenir as doenças metabólicas?

Por se tratar de doenças crônicas, a possibilidade da cura total se torna uma alternativa mais complicada, portanto, podemos resolvê-las com um controle regular de hábitos.

De modo geral, os pontos que mais precisam ser mudados são: alimentação, exercícios físicos, novos hábitos, acompanhamento médico e medicamentos devidamente prescritos.

Todos os tratamentos seguem cronogramas específicos, por isso, consultar o seu médico é a melhor opção.

Conclusão

Agora que você conheceu um pouco mais sobre as doenças metabólicas, fique atento aos hábitos de alimentação e estilo de vida, priorizando sempre a saúde e o bem-estar de seu corpo.

Se esse post te ajudou, continue nos acompanhando clicando aqui!

Até a próxima.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *