fbpx
sublocar sala

Sublocar sala: como essa prática pode te ajudar a faturar mais na clínica?

Sublocar sala: como essa prática pode te ajudar a faturar mais na clínica?

Uma clínica necessita de vários quesitos para manter um bom faturamento, e às vezes, principalmente no início de tudo, precisamos de algumas práticas que ajudem na otimização dos custos, e sublocar sala da clínica pode ser uma boa ideia.

A sublocação é um modelo de locação em que o locatário abre parte (um cômodo, uma sala) para aluguel de terceiros. O aluguel compartilhado está previsto e autorizado na lei 8.245/91 desde 1991, logo, todos podem se beneficiar dessa prática.

Pesquisas atuais do IBGE (2021), ao entrevistar pessoas que começaram a empreender em salas comerciais, o valor médio para locação do metro quadrado de salas ou imóveis comerciais no Brasil é de R$9.800,00, em janeiro de 2021, logo, sublocar é uma ótima maneira de reduzir custos e expandir o faturamento. Entretanto, é necessário ficar de olho em algumas situações e deveres, como vamos ver agora.

Existe alguma regra para a sublocação?

A única regra em lei para a prática de sublocação é que o valor cobrado não pode ser maior do que o uma locação inteira, somente em situações extraordinárias previstas por lei, como uma grande obra de investimento alto, somente esta situação pode justificar um aluguel de sublocação maior que de uma locação, previsto no artigo 21 da Lei do Inquilinato. 

Quais são os direitos e deveres de um inquilino na sublocação?

Assim como o locatário tem os deveres e direitos, o inquilino também necessita estar de acordo com algumas práticas e informações. Assinar um contrato com os termos, o prazo de negociações e condições, concordando com valor do aluguel, imposto, gasto com energia, limpeza, etc é um desses direitos, sendo necessário estar ciente de tudo que está incluso antes dessa assinatura. Como direito do inquilino, é de ter a oportunidade de pagar um valor menor do que um aluguel, já que estamos falando de sublocar uma sala.

Como sublocar uma sala pode ajudar a faturar mais na clínica? Quais são as vantagens?

sublocar sala no consultório
Benefícios de sublocar sala do consultório médico. | Imagem: Freepik

As vantagens de sublocar sala para ajudar a faturar mais são muitas, que podem ser exploradas juntas ou isoladamente, dependendo da situação do locatário. Alguns desses benefícios são:

  • Redução no custo inicial: Para quem está iniciando, uma das preocupações que mais assola a mente do locatário, capaz até mesmo de diminuir sua produtividade, são os custos iniciais e o medo de não conseguir cobri-lo, logo, a sublocação do espaço ajuda a reduzir o custo.
  • Redução dos custos mensais: Para quem já iniciou e gostaria de reduzir os custos mensais, tanto para ter a possibilidade de criar um caixa para a clínica como reinvestir a diferença que sobrar dessa redução de custos, a sublocação é uma alternativa interessante. Não somente o valor do aluguel, mas a internet, água e luz também podem ser negociados com o inquilino. 
  • Renda extra: Para quem tem mais de uma sala alugada, trabalha em uma, mas a outra se encontra parada e gostaria de além de cobrir os custos deste local fazer uma renda extra, a sublocação também pode ser usada.
  • Possibilidade de parcerias: Durante as consultas nas clínicas, muitas vezes os pacientes e clientes contam suas histórias, fatos do dia a dia ou até mesmo pedem indicação de um produto ou serviço. Ao sublocar uma sala para determinado profissional, sendo anteriormente firmada uma parceria, pode ser benéfico financeiramente para os dois lados.

Com todas as informações passadas sobre sublocação e como essa prática pode te ajudar a faturar mais na clínica, poderá colocar tudo em prática, só não esqueça de manter a atenção aos deveres do locatário, bem como deixar claro no contrato os deveres e obrigações do inquilino, para garantir segurança e tranquilidade para os dois lados!

No mais, se você gostaria de ler mais conteúdos como esse, fique de olho em nosso blog. Até mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *