fbpx

Quer mais agendamento na sua clínica?

causas dor nas costelas

Dor nas costelas: o que pode ser e quando ir a uma consulta

Dor nas costelas: o que pode ser e quando ir a uma consulta

A dor nas costelas é uma condição pouco comum de acontecer e, na grande maioria das vezes, está associada a pancadas na região do peito ou das costelas, podendo surgir devido a acidentes de trânsito ou impactos durante atividades físicas.

No entanto, esse sintoma também pode indicar a presença de problemas respiratórios ou até mesmo embolia ou câncer. 

Pensando nisso, é essencial que você observe a intensidade e frequência da sua dor, para que assim possa buscar o auxílio médico ideal. Caso a dor seja muito intensa e/ou perdure por mais de 2 dias, fique em alerta e agende já uma consulta para avaliação do caso.

Para que você fique ainda mais por dentro do assunto, nós listamos abaixo quais são as principais causas da dor nas costelas. Continue a leitura para conferir.

Está sentindo dor nas costelas? Embora na maioria das vezes esse sintoma esteja associado a pancadas que surgem em acidentes de trânsito ou atividades físicas, é importante que você fique atento para garantir que não há nada grave com sua saúde.

Causas da dor nas costelas

Veja na lista abaixo as 6 principais causas da dor nas costelas.

1 – Pancada nas costelas

Como foi dito acima, a pancada nas costelas é a principal causa da dor nessa região. A mesma normalmente ocorre proveniente a quedas, acidentes de trânsito ou a prática de esportes, o que acaba causando um estiramento do músculo ou, em alguns casos, fraturas.

Essa condição não costuma ser grave, no entanto, para que os sintomas melhorem é recomendado que você faça repouso e aplique compressas frias na região.

No entanto, caso você perceba que a dor está muito intensa ou acompanhada de dificuldade para respirar, vá até um médico para a realização de um raio X e orientação sobre o melhor tratamento. 

2 – Costocondrite

dor nas costelas
Veja quais são as principais causas da dor nas costelas. | Imagem: VIX

Se porventura você não tiver sofrido nenhum impacto na região, e ainda assim presenciar dor nas costelas, provavelmente você está com um quadro de costocondrite

Ela ocorre devido à uma inflamação das cartilagens, e pode causar sintomas como: dor nas costelas e sensibilidade intensa na região dos mamilos.

Essa condição costuma desaparecer dentro de um prazo de 2 a 3 dias sem que seja necessário nenhum tratamento. Porém, em alguns casos, onde a dor é mais severa, os pacientes podem precisar tomar analgésicos, realizar compressas quentes na região e fazer repouso. 

3 – Pleurisia 

É conhecida como pleurisia a condição em que há inflamação que afeta a pleura. Neste caso, é comum que, além da dor nas costelas, o paciente apresente também uma dor ao inspirar.

Para tratamento, é importante que você compareça à consulta médica para que o melhor tratamento seja definido, que pode envolver o uso de antibióticos e a fisioterapia respiratória. 

4 – Fibromialgia 

A fibromialgia é um tipo de dor crônica que pode afetar diversas partes do corpo, como é o caso das costelas. Ela não possui uma causa específica e pode surgir em pacientes de diferentes idades.

Normalmente ela é diagnosticada após a realização de exames que comprovam que não há nenhuma outra causa que pode estar associada a dor nas costelas e em outras regiões, e em relação ao seu tratamento pode ser indicado a prática de acupuntura, fisioterapia e até mesmo a necessidade de alimentar-se melhor.

5 – Embolia pulmonar

A embolia pulmonar é uma situação grave e rara que ocorre quando uma artéria do pulmão fica bloqueada por um coágulo. Isso pode acarretar leões sérias e sintomas bastante incômodos, como: dor forte ao respirar, falta de ar, respiração rápida, tosse com sangue, suor excessivo e dor nas costelas.

No caso de embolia pulmonar, o paciente precisa se direcionar rapidamente a um centro de saúde para que o tratamento seja iniciado e o coágulo possa ser retirado.

6 – Câncer pulmonar 

Por fim, precisamos falar que, embora não seja tão frequente, a dor nas costelas e na região do peito podem indicar câncer pulmonar, especialmente se a mesma aparecer ao respirar fundo e acompanhada por outros sintomas, como: chiado ao respirar, tosse com sangue, dor nas costas e emagrecimento sem causa aparente.

Caso você perceba estes sintomas, o indicado é que você procure ajuda médica o quanto antes para que o tratamento possa ser iniciado prontamente, aumentando as chances de cura. Neste caso, o médico que você deve buscar é o pneumologista. 

E aí, conseguiu compreender quais são as principais causas da dor nas costelas e quando você deve buscar auxílio profissional? Esperamos que sim. Caso tenha ficado com alguma dúvida sobre o assunto, não deixe de comentar aqui para que possamos te esclarecer.

Ah, e não se esqueça que através do app Sarar você encontra diversas opções de profissionais altamente capacitados para te atender. Acesse o nosso site e saiba mais.

Por fim, caso você queira continuar recebendo dicas de saúde como essa, basta acompanhar nossos próximos posts aqui no blog. Até a próxima! 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.