fbpx
o que é respiração mecânica

Como acontece a intubação e a respiração mecânica?

Como acontece a intubação e a respiração mecânica?

A medicina e os profissionais da saúde nos possibilitam, hoje em dia, cuidados especiais para pacientes graves e procedimentos que ajudam a minimizar os desconfortos causados por uma série de motivos, bem como preservar as funções vitais do paciente. Este é o caso da respiração mecânica e intubação.

Entretanto, nem sempre sabemos o necessário sobre a intubação e a respiração mecânica. E para te ajudar, fizemos um guia informativo com as principais informações sobre os procedimentos, confira.

O que é a respiração mecânica?

A respiração mecânica é a função artificial do pulmão exercida pelo ventilador pulmonar, que dá suporte e possibilita a entrada de ar puro nos pulmões do paciente, em casos de doenças, impossibilidades, anestesia, acidentes, etc.

Ela possibilita que o paciente em estado grave ou de risco de vida iminente continue respirando para prolongar sua vida com bem-estar e dar acesso aos médicos para fazerem outros procedimentos que possam ser necessários. 

O que é intubação e como acontece esse processo?

respiração mecânica
Saiba tudo sobre respiração mecânica e intubação. | Imagem: Canaltech

É o procedimento no qual o profissional médico insere um tubo que vai desde a boca do paciente até a traqueia, mantendo uma via aberta e sem impedimentos da chegada do ar para o pulmão, garantindo que a respiração seja feita adequadamente. O tubo é ligado anteriormente a inserção, em um respirador, que exerce a função artificial dos músculos do pulmão.

A intubação serve para que o profissional médico tenha pleno controle sobre a respiração do paciente em determinadas situações, como:

  • Acidentes;
  • Obstruções da via respiratória, como em um choque anafilático;
  • Cirurgias com anestesia geral;
  • Parada cardiorrespiratória;
  • Tratamento intensivo de pessoas em estado grave ou de risco iminente de vida, etc.

O procedimento é realizado com o paciente de barriga para cima e quase sempre inconsciente, e caso seja em cirurgia, é feita somente após o início da anestesia, para evitar o desconforto e dor do paciente. Para fazer o processo corretamente, é necessário duas pessoas para executar os passos: um que mantenha o pescoço firme e a coluna ereta, em alinhamento com a via respiratória, e um que faça a inserção do tubo.

Depois que o processo supracitado é realizado, é necessário que alguém puxe o queixo da pessoa para trás e abrir a boca do paciente para posicionar o aparelho que vai até o começo da via respiratória, o laringoscópio, que permite observar a glote e as pregas vocais. Somente ali é inserido o tubo, sendo preso em um pequeno balão insuflável que é ligado a um respirador, que faz o trabalho do pulmão de forma artificial, e então, o processo de intubação orotraqueal se completa.

Com todas as informações sobre os procedimentos, fica mais fácil entender como são feitos, suas finalidades e importância no mundo da saúde, pois possibilitam que funções vitais sejam preservadas e o paciente continue respirando normalmente, com auxílio do ventilador mecânico e da intubação.

E se porventura você estiver procurando um bom profissional para te atender, não tenha dúvidas que através do app Sarar você encontra diversas opções com muita facilidade, segurança, e o melhor: economia! Acesse www.sarar.com.br e saiba mais.

Para mais dicas e informações de saúde e procedimentos, te esperamos por aqui em nossos próximos posts. Até breve!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *