fbpx

Consulta com geriatra: quando esse médico deve ser consultado?

 Um assunto que costuma gerar muita dúvida entre as pessoas é em relação a consulta com geriatra. Quando procurar este profissional? Com que idade? Quais sintomas e doenças ele trata? A verdade é que não existe uma resposta exata para essa pergunta, uma vez que essa especialidade visa tratar do envelhecimento humano, sendo bastante relativo qual é a idade que cada pessoa passará a se preocupar com isso.

Isso quer dizer que caso você queira ter um envelhecimento saudável, não há nenhum problema buscar auxílio de um geriatra na faixa dos 40 ou 50 anos de idade. No entanto, vale ressaltar que aqui no Brasil, a idade em que uma pessoa é considerada idosa é a partir dos 60 anos.

No post de hoje nós iremos esclarecer qual é a finalidade da geriatria para que você consiga entender de uma vez por todas quando você deve marcar uma consulta com geriatra. Então se esse assunto te interessa, basta continuar a leitura!

O que faz um geriatra?

consulta com geriatra
Saiba o que faz um geriatra e quando marcar uma consulta. | Imagem: Freepik

Como foi dito anteriormente, o geriatra é o profissional responsável por acompanhar o envelhecimento do paciente. Com isso, vale dizer que ele não irá substituir nenhuma outra especialidade médica, como por exemplo o cardiologista, urologista, endocrinologista. Diferente disso, esses profissionais irão trabalhar em equipe para garantir saúde e bem-estar ao paciente.

Veja abaixo as principais funcionalidades de uma consulta com geriatra:

  • Prevenção de doenças: a geriatria tem como objetivo prevenir doenças e promover qualidade de vida aos pacientes ao longo do envelhecimento. Isso acontece através da identificação, de maneira precoce, dos riscos da aparição de doenças e outras vulnerabilidades.
  • Garantir maior qualidade de vida: a geriatria também tem como propósito garantir aos pacientes melhor qualidade de vida, especialmente para aqueles com idades mais avançadas. Para isso, são utilizados diversos métodos, como por exemplo os cuidados paliativos.
  • Ser o ‘maestro’ do paciente: os outros especialistas ficam focados em tratar suas patologias e acabam esquecendo que os remédios e tratamentos que eles receitam podem ter interações com outras condições de saúde que o paciente também tem ou pode vir desenvolver em decorrência a ele. Portanto, é papel do geriatra analisar os medicamentos que o paciente toma a fim de garantir que sua saúde e qualidade de vida não serão afetadas, atuando como um verdadeiro ‘maestro’.
  • Evitar a polifarmácia: por fim, mas não menos importante, o geriatra ajudará os pacientes evitarem a polifarmácia, isso é, o uso excessivo de remédios. Uma vez que essa prática pode causar danos irreversíveis na vida do idoso. Em vez disso o profissional procurará hábitos mais saudáveis para que o paciente não precise tomar tantos remédios diariamente.

Consulta com geriatra: onde encontrar um bom profissional?

Agora você já sabe quando procurar por um geriatra, certo? Então vamos te falar onde encontrar um bom profissional para te atender: através do aplicativo Sarar. Com ele você terá toda facilidade que precisa para marcar suas consultas e o melhor de tudo: com muita economia. Acesse o nosso site (www.sarar.com.br) para comprovar!

É isso! Esperamos que você possa ter conseguido compreender do que se trata a consulta com geriatra e quando a agendar. Caso tenha ficado com alguma dúvida sobre o tema, basta comentar aqui que nós te esclareceremos.

Se quiser mais dicas e informações sobre saúde como essa, basta continuar de olho em nosso blog! Te esperamos por aqui.