fbpx

Saiba quais são os sintomas de crise de ansiedade e como melhorar

A crise de ansiedade ou ataques de pânico refere-se ao momento em que os sintomas de crise de ansiedade se manifestam de forma abrupta e intensa, se caracterizando principalmente por taquicardia, respiração irregular, medo e tremores pelo corpo.

Porém, identificar os sintomas da crise, e principalmente saber como controlá-los nem sempre é tarefa fácil. E é justamente nossa função neste post: te ajudar a entender quais são os sintomas de crise de ansiedade e as formas possíveis de melhorar quando os mesmos aparecerem. Veja a seguir.

O que é crise de ansiedade?

Embora a grande maioria das pessoas possam apresentar situações de ansiedade ao longo da vida, alguma delas acabam desenvolvendo ansiedade excessiva que pode se tornar uma doença (CID 10 F41.1), conhecida como transtorno de ansiedade generalizada.

Ela acaba fazendo com que o paciente tenha crise de ansiedade, o que causa sintomas diversos que podem ser tanto físicos quanto emocionais.

Quais são os sintomas de crise de ansiedade?

Pessoas que sofrem com crises de ansiedade podem sentir sintomas diversos, sendo comum inclusive de confundir com outras doenças (como infarto e AVC). Confira abaixo quais são alguns dos principais sintomas de crise de ansiedade:

  • Palpitações;
  • Taquicardia;
  • Sensação de bolo na garganta;
  • Sudorese excessiva;
  • Tremores;
  • Falta de ar;
  • Sensação de desmaio;
  • Náuseas e/ou vômitos;
  • Desconforto abdominal;
  • Formigamentos;
  • Dor ou desconforto no peito;
  • Calafrios ou sensação de calor;
  • Despersonalização (sentir-se fora de si);
  • Sentimento de irrealidade;
  • Sensação de afogamento ou sufocação;
  • Medo de perder o controle da situação ou de enlouquecer;
  • Medo de morrer;
  • Entre outros

Como controlar os sintomas de crise de ansiedade?

Como controlar os sintomas de crise de ansiedade?
Foto por Rawpixel

Quem tem crise de ansiedade sabe que controlar os sintomas na maioria das vezes não é fácil. Portanto, se você passa por essa situação corriqueiramente ou convive com pessoas que têm episódios de sintomas de crise de ansiedade, é fundamental que você saiba quais são as maneiras de driblar esses sintomas e acalmar a mente e o corpo até que a crise de dissipe. Veja abaixo:

  1.  Desvie a atenção dos sintomas

    Esse é um dos principais fatores que faz com que as crises de ansiedade fiquem cada vez mais intensas. Quanto mais você se importar com os sintomas, mais eles parecerão maiores do que realmente são (como, por exemplo: as dores nos peitos parecerão infarto), o que fará com que você sinta cada vez mais medo e com maior impacto. Portanto, é importante que você desvie atenção dos sintomas, focando em uma atividade específica, como o controle da respiração.

  2. 2 – Diminua o ritmo da respiração

    Durante a crise de ansiedade, um dos principais sintomas que podemos notar é o aumento do ritmo da respiração. Nesses casos, é primordial que possamos inspirar e expirar de forma lenta e profunda, a fim de diminuir o estresse e fornecer mais oxigênio para o cérebro.

    Para exercitar a respiração, faça o seguinte: sempre que sentir que os sintomas de crise de ansiedade estiverem se aproximando, coloque uma mão sobre a barriga e a outra sobre o peito e comece a respirar devagar, utilizando o diafragma. Inspire pelo nariz e expire pela boca lentamente. Se sentir dúvidas sobre o movimento, assista vídeos na internet, isso ajuda bastante!

  3. Relaxe os músculos

    Durante a crise de ansiedade, é muito comum que as pessoas contraiam os músculos como forma de defesa. No entanto, essa contração acaba trazendo mais dores e desconfortos e intensificando a sensação de peso. Por isso o ideal é que, após controlar a respiração, você tente também relaxar os seus músculos voltando sua atenção a eles.

    Comece pela cabeça e vá passando para as áreas mais afetadas pelo estresse e ansiedade, como: maxilar, boca, nuca e ombros, buscando aliviar a musculatura no geral.

  4. Se distraia

    Durante a crise de ansiedade é comum que a pessoa fique pensando em várias coisas ao mesmo tempo, o que gera uma sobrecarga emocional.

    Para evitar isso, é importante diminuir o ritmo do pensamento, criando situações externas a ele. Tente conversar com pessoas que você gosta sobre assuntos diversos de seu interesse ou, caso esteja sozinho, tente contar de 1 a 10 repetidas vezes, cantar alguma música, recitar uma história, fazer listas ou qualquer outra atividade mental que possa te livrar desse problema.

  5. Use a imaginação guiada

    A imaginação guiada é mais uma forma muito eficaz de driblar os sintomas de crise de ansiedade. Para isso, pense que você está em um lugar que você se sente em paz e relaxado. Aos poucos, vá adicionando detalhes à cena, fazendo com que sua mente dê asas à imaginação.

    Essa atividade é muito eficaz para desligar a sua mente e fazer com que você relaxe e a crise de ansiedade vá diminuindo.

E aí, conseguiu entender do que se trata a crise de ansiedade e o que se deve fazer para reduzir os sintomas? Esperamos que sim! Caso tenha ficado com alguma dúvida sobre o assunto, basta comentar aqui que nós te esclarecemos.

No mais, se precisar de auxílio profissional para te ajudar no tratamento da ansiedade ou qualquer outro transtorno psíquico, não tenha dúvidas que através do app Sarar você encontrará excelentes profissionais com um custo x benefício surpreendente. Basta acessar o nosso site para conferir.

E se quiser mais dicas sobre saúde e bem-estar, continue acompanhando o nosso blog. Te esperamos por aqui!