fbpx
riscos do Streptococcus positivo

Streptococcus positivo: o que significa este resultado na gestação?

Streptococcus positivo: o que significa este resultado na gestação?

Você já ouviu falar em Streptococcus? Essa é uma bactéria muito comum entre as mulheres, podendo dizer que uma a cada cinco gestantes a possui. Portanto, o que muitas pessoas podem não saber é que Streptococcus positivo pode ser muito perigoso na gestação, precisando ser muito bem avaliado neste período.

E foi pensando nisso que criamos o post de hoje: para que você saiba do que se trata Streptococcus positivo e quais os riscos dessa condição durante a gestação. Continue a leitura para conferir.

O que é Streptococcus?

Antes de mais nada, precisamos te explicar do que se trata Streptococcus. Vamos lá: como dito anteriormente, refere-se a um tipo de bactérias com formato arredondado com coloração violeta ou azul escura que podem ser encontradas em cadeia no organismo. 

Embora em algumas pessoas esse tipo de bactéria pode estar presente e não causar nenhum tipo de doença, é muito importante realizar o exame durante a gravidez para evitar que o bebê sofra consequências graves.

O exame de Streptococcus deu positivo. E agora?

riscos da Streptococcus positivo
Streptococcus positivo na gestação: saiba quais são os riscos. | Imagem: Cláudia Abril

No caso de Streptococcus positivo durante a gestação, os cuidados da equipe médica responsável e da mamãe precisam ser redobrados, uma vez que essa bactéria é muito responsável pela morte de bebês com idade inferior a 90 dias (que estão com o sistema imune ainda em formação).

Isso porque ela poderá causar diversas condições graves ao bebê (principalmente os bebês prematuros), como: meningite, pneumonia e infecção generalizada. E os principais sintomas que correspondem a essa bactéria no organismo dos bebês são: febre, choro constante, recusa alimentar e sono excessivo. Portanto, caso você observe algum desses sintomas no seu filho(a), não hesite e busque ajuda médica o quanto antes.

Por outro lado, para evitar a contaminação ao bebê, esta que costuma acontecer no momento do parto normal, a gestante deve realizar o exame anal e vaginal durante a 35ª e a 37ª semana gestacional. Em caso de resultado positivo, o mais recomendado pelos médicos é a aplicação de antibióticos cerca de quatro horas antes do parto para que a situação possa ser revertida. 

Se porventura o antibiótico for administrado antes deste prazo, o que poderá acontecer é uma nova reprodução de bactérias, colocando em risco a saúde do bebê. E, em caso da administração em um prazo menor de tempo, não haverá tempo hábil para que a medicação seja absorvida por completo no organismo.

Caso a gestante opte pela cesárea, provavelmente o uso do antibiótico não torna-se obrigatório, embora alguns profissionais escolhem administrá-lo como forma de prevenção.

Bom, esperamos que você tenha conseguido compreender do que se trata o Streptococcus positivo e seus riscos durante a gestação. Mas se porventura você tiver ficado com alguma dúvida sobre o assunto, basta comentar aqui que nós te esclarecemos.

Ah, e caso você esteja em busca de um médico obstetra para acompanhamento da sua gestação, não tenha dúvidas que no app Sarar você o encontrará com facilidade, segurança e economia. Acesse o nosso site e saiba mais

Quer mais dicas e informações de saúde como essa? Continue de olho em nosso blog. Te esperamos por aqui nos próximos posts!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *