fbpx
intubação orotraqueal

Intubação orotraqueal: o que é e para que serve?

Intubação orotraqueal: o que é e para que serve?

O conhecimento salva vidas! Saber mais sobre procedimentos de emergência, como a intubação orotraqueal, possibilita a todos nós não somente ajudarmos a sociedade a disseminar informações corretas, mas também a orientar famílias ou pacientes que possam vir a precisar desse procedimento. 

Entretanto, nem sempre é uma missão fácil encontrar informações que expliquem de forma fácil e sem termos técnicos o que é a intubação orotraqueal, o que é e para que serve. Para te ajudar, fizemos um guia rápido sobre o procedimento para você, confira:

O que é a entubação orotraqueal?

A intubação orotraqueal, muitas vezes conhecida apenas como intubação, a forma como é mais mais chamada em emergências, hospitais e  pela sociedade em geral, é um procedimento que salva vidas, no qual o profissional médico insere um tubo que vai desde a boca do paciente até a traqueia, mantendo uma via aberta e sem impedimentos da chegada do ar para o pulmão, garantindo que a respiração seja feita adequadamente. O tubo é ligado anteriormente a inserção, em um respirador, que exerce a função artificial dos músculos do pulmão.

A intubação é indicada o paciente está em risco e estado grave, em que o médico necessita ter, para segurança da pessoa, o total do controle sobre a respiração do paciente, o que pode ocorrer durante cirurgias com anestesia geral, por decorrência de doenças, acidentes, choques sépticos, etc.

Como um procedimento de alto risco e complexidade, só deve ser feito por profissionais capacitados e em locais com equipamentos próprios para a intubação orotraqueal, caso seja feito de forma diferente, pode causar lesões graves ou permanentes nas vias respiratórias.

Para que serve a intubação orotraqueal?

intubação orotraqueal
Saiba tudo sobre a intubação orotraqueal. | Imagem: InterFISIO

A intubação orotraqueal serve para que o profissional médico tenha pleno controle sobre a respiração do paciente em determinadas situações, como:

  • Cirurgias com anestesia geral,
  • Parada cardiorrespiratória;
  • Acidentes;
  • Obstruções da via respiratória, como em um choque anafilático;
  • Tratamento intensivo de pessoas em estado grave ou de risco iminente de vida, etc.

Como é feita a intubação orotraqueal?

O processo de intubação orotraqueal é feito com o paciente de barriga para cima e quase sempre inconsciente, e caso seja em cirurgia, é feita somente após o início da anestesia, para evitar o desconforto e dor do paciente. Para fazer o processo corretamente, é necessário duas pessoas para executar os passos: um que mantenha o pescoço firme e a coluna ereta, em alinhamento com a via respiratória, e um que faça a inserção do tubo.

Existem diversos de diversos tamanhos, mas o que varia entre eles é o seu diâmetro, sendo os mais usados os de 7 e 8 mm, em pacientes adultos, caso sejam crianças, o diâmetro é escolhido de acordo com a idade.

Depois que o processo acima é feito, é preciso puxar o queixo da pessoa para trás e abrir a boca do paciente para posicionar o aparelho que vai até o começo da via respiratória, o laringoscópio, que permite observar a glote e as pregas vocais. Somente ali é inserido o tubo, sendo preso em um pequeno balão insuflável que é ligado a um respirador, que faz o trabalho do pulmão de forma artificial, e então, o processo de intubação orotraqueal se completa.

Ao entender mais sobre esse processo que salva vidas, é possível não só informar outras pessoas com informações verdadeiras, mas também garantir que, caso algo possa acontecer com pessoas próximas, poderá saber como se reportar ao médico e entender o que está sendo feito e acontecendo.

Com todas as informações passadas sobre a intubação orotraqueal, para que serve e como é feita, poderá ajudar a sociedade a ter acesso às informações corretas, bem como compreender esse procedimento que salva vidas.

E se porventura você estiver procurando um bom profissional para te atender, não tenha dúvidas que através do app Sarar você encontra diversas opções com muita facilidade, segurança, e o melhor: economia! Acesse www.sarar.com.br e saiba mais.

Para mais dicas e informações de saúde, te esperamos por aqui em nossos próximos posts. Até breve!

Automação para whatsapp: como criar uma automação inteligente?

O WhatsApp é, sem dúvidas, o meio de troca de mensagens mais usado no mundo atualmente, não somente por pessoas físicas, mas também por empresas, o que deixa a interação mais fácil e rápida, em tempo real, além de conter a criptografia de ponta a ponta, o que mantém a segurança dos dois lados.

Entretanto, quanto mais mensagens uma empresa recebe, maior é o tempo de espera por resposta para o cliente, pois nem sempre há atendentes disponíveis para manter as respostas em dia e o atendimento zerado no aplicativo, sendo necessária uma automação para agilizar os processos. 

Com o dia a dia, mesmo com algumas pessoas, nem sempre é fácil entender como fazer uma automação inteligente de WhatsApp para a área da saúde. Para ajudar nesse processo, preparamos um guia rápido com tudo o que é necessário para criar essa estrutura, confira:

O que é a automação para WhatsApp e como funciona?

A automação para WhatsApp é uma configuração inata do aplicativo para ajudar empresas e empreendedores a escalarem suas respostas, tornando os processos mais ágeis e o tempo de espera por respostas menor para os clientes. Para ter acesso, é necessário fazer o download do WhatsApp Business, que é próprio para isso e seguir alguns passo a passo.

Funciona, depois de configurado, literalmente como um robô, que irá responder de acordo com a interação do usuário e as palavras usadas, que serão como gatilhos para que a automação responda, ou caso necessite, redirecione para o atendimento humano.

Como fazer uma automação inteligente para WhatsApp?

Após fazer o download do WhatsApp Business API, que é gratuito, é necessário fazer alguns ajustes para ter a sua automação. Vamos ao passo a passo:

  • Ao realizar a instalação do aplicativo, você pode optar por ser um cliente ou um provedor de soluções. Seguidamente, o aplicativo também irá solicitar informações como nome da sua empresa, a URL do site, bem como, os dados do representante da empresa. 
  • Sendo assim, depois que sua inscrição for revisada e aprovada, você poderá começar a usar a ferramenta API do WhatsApp.
  • Avalie o fluxo de mensagens: Tenha em mente, antes de começar as configurações, toda a jornada do seu cliente (desde a marcação de consultas aos dados de pagamento), isso será útil;
  • Contrate o servidor de automações (chatbot) da sua preferência: Existem hoje em dia existem diversas empresas que fornecem esse serviço, que criam o robô do zero e fazem a integração para você, pois construir um conteúdo de automação do zero é um processo que envolve programação e conhecimentos avançados;
  • Após a contratação, quando você receber a automação, poderá criar uma demonstração usando outro número de telefone para verificar a funcionalidade, as respostas recebidas e se está funcional como espera para a sua clínica, consultório, etc.
  • Após o teste, poderá fazer as correções necessárias para tornar a experiência mais agradável para os clientes.

A automação para WhatsApp é um divisor de águas na modernização das empresas, pois ajuda a escalonar as respostas, diminuindo o tempo de espera do cliente e aumentando a retenção dos mesmos.

Com todas as informações passadas sobre a automação, já poderá colocar o passo a passo em prática para deixar o dia a dia mais fácil!

E se porventura você estiver procurando um bom profissional para te atender, não tenha dúvidas que através do app Sarar você encontra diversas opções com muita facilidade, segurança, e o melhor: economia! Acesse www.sarar.com.br e saiba mais.

Para mais dicas e informações de saúde ou facilidades para clínicas e consultórios, é só ficar de olho no nosso blog. Esperamos você por aqui em nossos próximos posts. Até breve!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *